5 Formas de Obter Anti-inflamatório natural – Fontes e Benefícios

Não é novidade que o consumo excessivo de anti-inflamatórios, antibióticos e analgésicos convencionais (fabricados em laboratório) acarretam diversos problemas de saúde a longo prazo. Por isso, cada vez mais pessoas buscam saber como obter anti-inflamatório natural e tratar de forma menos impactante dos mais diversos tipos de doenças.

 

anti-inflamatorio-natural

Fontes de Anti-inflamatório natural: Alimentos

Uma alimentação nutritiva e rica em alimentos naturalmente anti-inflamatórios e que fortaleçam as defesas imunológicas, consiste na estratégia número 1 para prevenir e tratar uma série de doenças. Entre esses alimentos, estão:

  • Cúrcuma (açafrão-da-terra) em pó;
  • Gengibre;
  • Limão;
  • Curry (especiaria);
  • Peixes (sardinha, salmão e atum);
  • Rúcula;
  • Agrião;
  • Alho;
  • Abacate;
  • Maçã;
  • Cebola;
  • Mel;
  • Geleia real;
  • Semente de chia;
  • Manga;
  • Caju;
  • Semente de gergelim;
  • Semente de linhaça;
  • Óleo de coco;
  • Abacaxi;
  • Laranja;
  • Goiaba;
  • Arroz preto e vermelho;
  • Soja orgânica;
  • Acerola;
  • Açaí;
  • Kiwi;
  • Mirtilo;
  • Morango;
  • Cereja;
  • Romã;
  • Melancia;
  • Melão;
  • Uva;
  • Azeite de oliva extravirgem;
  • Castanhas;
  • Nozes;
  • Alecrim;
  • Sálvia;
  • Orégano,
  • Romã;
  • Coentro;
  • Tangerina;
  • Cravo;
  • Louro;
  • Aipo;
  • Canela;
  • Tomate;
  • Manjericão;
  • Cevada;
  • Salsinha;
  • Beterraba;
  • Couve-flor;
  • Brócolis;
  • Espinafre;
  • Lentilha;
  • Aveia;
  • Amendoim (torrado e sem sal);
  • Feijão;
  • Abóbora;
  • Centeio;
  • Coco fresco ralado;
  • Pimentas vermelhas de sabor suave;
  • Água de coco.

Além de inserir esses itens na alimentação semanal, os nutricionistas são unânimes ao fazer 2 recomendações fundamentais para combater a inflamação das células e potencializar a absorção dos nutrientes contidos nesses alimentos.


1- Ingeri-los o mais próximo possível do natural

A nutricionista Dra. Gisela Savioli menciona que esse é um dos grandes segredos da saúde e da longevidade: ingerir alimentos que estejam o mais próximo possível de seu estado na natureza.

Isso significa priorizar o consumo de verduras, frutas, legumes, grãos, cereais, sucos naturais, chás naturais etc., evitando ao máximo o consumo de alimentos industrializados, processados ou aqueles ao “estilo” fast food, que consistem sem dúvida nos principais vilões da saúde.

Bebidas alcoólicas, refrigerantes, café e energéticos também devem ser evitados, assim como frituras e doces com excesso de açúcar ou farinha branca.

As principais causas da inflamação no organismo estão relacionadas ao excesso de açúcar e gordura. Por isso, é imprescindível evitar o exagero desses dois elementos.

alimentos-organicos

2- Optar pelos alimentos orgânicos

Não é novidade que os alimentos convencionais possuem uma grande quantidade de agrotóxicos e demais elementos químicos altamente prejudiciais à saúde.


Tais elementos, além de provocar danos e alterações nas células, intoxicam o organismo e fragilizam o sistema imunológico, combinação perigosa para a saúde.

Por esse motivo, é indispensável priorizar o consumo de vegetais (frutas, verduras e legumes), ovos e demais alimentos na versão orgânica (sem agrotóxicos).


Isso promoverá um processo natural de desintoxicação e certamente trará grandes benefícios para a saúde.

Embora esses alimentos sejam um pouco mais caros nos grandes supermercados, eles são facilmente encontrados a preços mais acessíveis em feiras livres ou feiras de pequenos produtores rurais.

Vale “imitarmos” o principal hábito dos franceses quanto à alimentação: frequentar feiras e adquirir alimentos frescos de pequenos produtores locais.

3 – Anti-inflamatório natural: Plantas medicinais e ervas

O consumo de plantas e ervas medicinais é fundamental não apenas para tratar, mas também para prevenir diversas doenças. Por isso, é necessário não esperar que a doença chegue para iniciar o consumo diário ou semanal de chás medicinais.

Eles favorecem o sistema imunológico, ajudam na digestão, contribuem para a desintoxicação do corpo, possuem efeito relaxante e ainda ajudam no emagrecimento. Entre os chás mais recomendados estão:

  • Camomila;
  • Jasmim;
  • Lavanda;
  • Hortelã;
  • Gengibre;
  • Erva-doce;
  • Limão;
  • Laranja;
  • Menta;
  • Erva-cidreira.

Em caráter preventivo, esses chás deverão ser ingeridos com moderação, basta 2 ou 3 xícaras por semana de um deles.

Já para tratar inflamações já existentes, o ideal é aumentar o consumo para 2 ou 3 xícaras diárias até que os sintomas da inflamação desapareçam.

Esses chás podem ser ingeridos quentes, mornos ou gelados (sendo inclusive uma ótima opção para o verão).

Para adoçar, é preferível utilizar mel ou açúcar demerara em pouca quantidade ou, melhor ainda, consumi-los sem açúcar.

4 – Anti-inflamatório natural: Vitamina D

A Vitamina D é crucial para manter o bom funcionamento do sistema imunológico, aumentando as defesas naturais do organismo frente a uma série de doenças.

Essa vitamina estimula a produção de um antibiótico natural gerado pelo organismo chamado de catelicidina – atuante no combate a vírus, bactérias e fungos.

A Vitamina D também é indispensável para a geração de uma proteína chamada peptídeo antimicrobiano, fundamental na prevenção de infecções oportunistas.

Inúmeras pesquisas apontam que bons níveis dessa vitamina no organismo favorecem:

  • Prevenção do câncer;
  • Saúde cardiovascular;
  • Saúde de ossos e dentes;
  • Equilíbrio da pressão arterial;
  • Diminuição da ocorrência de resfriados, gripes, infecções de garganta e infecções respiratórias.

5 – Anti-inflamatório natural: Atividade física

Por manter o peso sob controle e prevenir e ajudar no tratamento de diversas doenças, a atividade física consiste em uma das principais aliadas do sistema imunológico, funcionando como uma espécie de anti-inflamatório natural para o organismo.

O motivo desse efeito deve-se principalmente aos hormônios liberados durante os exercícios físicos, promovendo a sensação de bem-estar (essencial para o sistema imunológico) e também para prevenir diabetes, hipertensão, colesterol etc.

Entre as principais substâncias benéficas geradas pelo corpo durante a atividade física, estão:

  • Endorfina;
  • Insulina;
  • Serotonina;
  • GH (hormônio do crescimento);
  • Grelina;
  • Glucagom;

Para que a atividade favoreça a saúde física e mental, é indispensável que ela proporcione prazer. Para isso, há uma série de opções, entre elas:

  • Caminhada;
  • Hidroginástica;
  • Corrida;
  • Musculação;
  • Vôlei;
  • Futebol;
  • Natação;
  • Dança etc.

6 – Anti-inflamatório natural: Sono de qualidade

O sono de qualidade é essencial para a saúde, já que durante cada fase dele são liberados importantes hormônios e substâncias responsáveis pelo reequilíbrio das funções físicas e mentais.


Esse equilíbrio hormonal é essencial para o bom funcionamento do sistema imunológico e dos órgãos, fazendo com que naturalmente o corpo esteja resistente às infecções, inflamações e demais doenças.

Não é por acaso que pessoas doentes necessitam de repouso, já que o sono ajuda na recuperação do organismo.

No que diz respeito a anti-inflamatório natural, a combinação desses 5 fatores é a grande chave para a saúde, longevidade e qualidade de vida, evitando o consumo exagerado de medicamentos industrializados.

Imagens-  atibaiaconnection.com.br         fontedasaude.org


Continue lendo sobre saúde natural: