Chá de Hibisco – Benefícios, Contraindicações e Efeitos Colaterais

O chá de hibisco tem sido um dos itens mais consumidos pelas pessoas que desejam emagrecer de maneira saudável, sendo muito procurado nas lojas de produtos naturais.

Além de acelerar a queima de gordura, este chá oferece diversos outros benefícios à saúde.

Para conhecê-los e também saber a melhor maneira de preparar o chá das flores de hibisco, basta acompanhar nosso post!

 

cha-de-hibisco-o-que-ele-pode-fazer-pela-sua-saude

Antes de mais nada, o que é o hibisco?

Hibisco consiste no nome popular dado à flor de Hibiscus, termo de origem grega que refere-se à Isis, uma antiga deusa egípcia.

Publicidade

Esta flor está presente sobretudo nos países de clima tropical e subtropical, sendo reconhecida por sua cor vibrante e agradável aroma.

Quais os benefícios do chá de hibisco para a saúde?

Equilibra a pressão arterial

Graças aos minerais presentes nesta flor, ela contribui para equilibrar a pressão arterial, favorecendo também a melhora da circulação sanguínea e garantindo muito mais saúde ao sistema cardiovascular.

Diminui o risco de diabetes

Pelo fato de as propriedades do chá de hibisco atuarem no equilíbrio das atividades metabólicas, o consumo regular desta bebida contribui para equilibrar os níveis de glicose na corrente sanguínea.

Além disso, esta flor também favorece a absorção da insulina, substância crucial para manter o diabetes controlado.

Auxilia no funcionamento do intestino

Poucas pessoas sabem disso, mas entre os benefícios desta flor, destaca-se a melhora das funções intestinais.

Dessa forma, o consumo do chá preparado com hibisco evita problemas como formação de gases, constipação e demais complicações nesta região do corpo.

Desintoxica o fígado

Pelo fato de o chá de hibisco ser rico em antioxidantes naturais, ele desempenha um papel fundamental para a saúde do fígado, reduzindo os riscos de inflamação e acumulação de gordura neste órgão.

Combate e previne o câncer

Por ser rica em fito nutrientes e em antioxidantes que inibem os perigosos efeitos dos radicais livres, a flor de hibisco é tida como uma poderosa combatente do câncer, doença que atinge inúmeras pessoas em todo planeta.

Publicidade

Elimina o inchaço

Por ser altamente diurético, o chá de hibisco reduz o acúmulo de líquidos no organismo, fator este que naturalmente elimina o inchaço do corpo como um todo.

Reduz o colesterol

Entre os benefícios oferecidos por este chá, destaca-se o fato de ele atuar na redução do chamado colesterol ruim, o LDL.

Isso é possível graças às substâncias contidas nesta flor que, naturalmente, evitam a densidade de lipoproteínas na corrente sanguínea.

 

cha-de-hibisco-emagrece

Acelera o metabolismo

Um dos motivos responsáveis pelo hibisco ser tão eficaz no processo de emagrecimento, trata-se de ele atuar na aceleração do metabolismo.

Ou seja, o consumo do chá desta flor potencializa a queima de gordura pelo organismo, fazendo com que a dieta alimentar surta efeitos em menos tempo.

Além dos fatores já apresentados, o consumo de hibisco também está associado aos seguintes benefícios:

  • Relaxamento do sistema nervoso, atuando no tratamento natural do estresse;
  • Alívio das cólicas menstruais;
  • Combate de infecções oriundas de fungos e bactérias.

Como preparar o chá de hibisco?

Ingredientes:

  • 500ml de água;
  • 1 colher das flores secas de hibisco.

Preparo

  • Aquecer a água e desligar o fogo segundos antes de ela começar a ferver;
  • Adicionar as flores secas de hibisco e manter a mistura abafada por cerca de 10 minutos;
  • Colocar na geladeira e aguardar em torno de 30 minutos. Tomar gelado.

Obs.: para incrementar o sabor deste chá, também é possível acrescentar gengibre ralado e/ou suco de limão siciliano.

Qual a quantidade diária recomendada?

A quantidade indicada para consumo desta bebida é de no máximo 2 xícaras de chá por dia, podendo ser ingerido logo de manhã ou, preferencialmente, após as principais refeições do dia, auxiliando também na digestão.

Em hipótese alguma este chá deverá ser ingerido em excesso.

O chá de hibisco apresenta efeitos colaterais?

Embora o chá feito com hibisco apresente grandes benefícios à saúde, ele poderá causar alguns efeitos colaterais (sobretudo se consumido em exagero), que são:

  • Desidratação: isso pode ocorrer devido ao alto efeito diurético desta flor. Para evitar esta situação, é necessário ingerir bastante água no decorrer do dia;
  • Hipoglicemia: por diminuir as taxas de açúcar no sangue, o consumo deste chá poderá gerar episódios hipoglicêmicos (baixa glicose na corrente sanguínea);
  • Redução dos níveis de estrogênio (um hormônio feminino);
  • Hipotensão (pressão baixa);
  • Efeito alucinógeno (quando ingerido em excesso).

Contraindicações

Embora o chá de hibisco seja um remédio 100% natural, esta bebida é contraindicada para:

  • Gestantes;
  • Mulheres que estão amamentando;
  • Pessoas que sofrem de problemas hormonais relacionados ao estrôncio;
  • Pessoas que tenham pressão arterial predominantemente baixa;
  • Pessoas que já possuem equilibradas as taxas de glicose na corrente sanguínea (inclusive pacientes diabéticos que tem a doença sob controle).

Curiosidades sobre o hibisco

  • Esta flor tem suas origens na China, Havaí, Polinésia e Sudeste Asiático;
  • As flores de hibisco renovam-se constantemente;
  • Esta flor possui grande variação de cores, sendo encontrada nos tons em branco, rosa, laranja, roxo, vermelho ou amarelo;
  • Elas são bastante comuns em regiões praianas, já que crescem muito bem em solos arenosos;
  • As sementes de hibisco são ricas em proteínas. Por este motivo, elas são utilizadas como fonte de alimentação no continente africano.

Cuidados com a saúde

Cada vez mais a ciência tem comprovado o que a sabedoria milenar dos povos antigos já sinalizava.

Os benefícios oferecidos por plantas, flores e ervas medicinais demonstram como a cura ou alívio de determinadas doenças encontra-se muito mais próximo que imaginamos: na natureza.

Vale ressaltar que para obter saúde e qualidade de vida em todos os aspectos, é indispensável adotar uma alimentação mais saudável e a prática de uma atividade física.

Além disso, o consumo de remédios naturais de forma alguma elimina a necessidade de fazer consultas e exames médicos regulares, buscando sempre orientação de profissionais especializados.

Em suma, o consumo do chá de hibisco, além de ser moderado, deve ser feito em paralelo a esses 3 fatores: alimentação equilibrada, prática de atividade física e acompanhamento médico.

Fontes:

1, 2, 3

Imagens: 
amigasemulheres.com.br  fazerdietadaproteina.com.br
 

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Publicidade

Leia também:


Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*