Chá de Quina Amarela – Benefícios, Como Fazer e Contraindicações

O chá de quina amarela é um remédio natural indicado para o tratamento da anemia, diabetes, gastrites, inflamações e distúrbios intestinais. A quina amarela, que também é conhecida como Cinchona, é uma árvore proveniente do Peru, cuja a casca pode ser usada para o preparo de chás que auxiliam em diversos tratamentos médicos, entre eles a febre, indigestão, doenças na boca e na garganta.

Antigamente, ela era um dos únicos remédios com eficácia para curar a malária e por isso, passou por um intenso período de colheita, o que quase levou à sua extinção. Além disso, o pó extraído de sua casca é fonte de quinina, que possui funções antitérmicas, antimaláricas e analgésicas.

cha-de-quina-amarela

A quinina, por sua vez, é responsável pelo sabor amargo da água tônica, que ajuda na prevenção de câimbras noturnas. Ela é também um importante componente para tratar arritmias cardíacas, sendo a base da medicação para o tratamento de tal.  Seu extrato líquido ainda pode ser um grande aliado no combate ao alcoolismo.

Benefícios do Chá de Quina Amarela

A árvore como um todo possui componentes que podem ser utilizados como remédio natural, apesar das mais comuns serem sua casca e folhas. Suas principais propriedades são: antitérmicas, antimaláricas, antimicrobianas, anti-inflamatórias, analgésicas, cárdiotonificantes (ou seja, que fortalecem o coração), adstringentes, antiespasmódicas, antiparasitárias, antissépticas, estimulantes digestiva e cicatrizantes.

Publicidade

Confira os benefícios do chá de quina amarela para a saúde:

  • Estimula as funções intestinais e gástricas, isto é, atuando no tratamento da prisão de ventre, dores abdominais, diarreias e hemorroidas;
  • Atua no tratamento da febre;
  • Alivia dores de dente e de garganta, divido seu potencial adstringente;
  • Atua no tratamento contra malária, tratando os sintomas da infecção, ao mesmo tempo que combate os micro-organismos;
  • Previne contra gripes e resfriados;
  • Atua na regulação das palpitações e arritmias cardíacas;
  • Estimula de apetite;
  • Estimula as funções hepáticas;
  • Regula problemas urinários;
  • Auxilia no combate à fadiga;
  • Atua no tratamento do sarampo;
  • Combate dores de estômago e problemas na vesícula biliar;
  • Ajuda na manutenção de peso, uma vez que interfere na absorção de nutrientes no intestino;
  • Auxilia no tratamento da anemia;
  • Auxilia no tratamento de varizes, estimulando o sistema circulatório; 

Contraindicações e Efeitos Colaterais

O chá de quina amarela não é indicado para gestantes ou mulheres em período de lactação, uma vez que tem potencial abortivo e pode gerar consequências na formação do feto. A quinina já é excretada no leite materno em doses muito pequenas, que não fazem mal ao bebê, mas uma dose extra precisa ser evitada. Além disso, não deve ser consumido por crianças menores de 10 anos.

Lembre-se de prestar muita atenção à dosagem consumida, pois doses exageradas de quina podem causar grandes efeitos colaterais, tais como: irritações no estômago e intestino, dores de cabeça, tontura, surdez, cegueira, paralisia e até mesmo convulsões.

Chá de Quina Amarela Emagrece?

Como Fazer Chá de Quina Amarela

A forma mais comum de consumo do chá de quina amarela é como infusão da casca e das folhas, mas também é possível encontrar extratos de quina e tinturas, que possuem outros fins. É possível encontrá-la em lojas de produtos naturais e farmácias, já pronta para o preparo do chá, em sua forma seca ou triturada.

Para fazer o chá é simples, basta misturar meio de litro de água com duas colheres de sopa da planta e levar ao fogo, deixando ferver por 10 minutos. Depois, basta coar e beber. O ideal é que o chá seja consumido cerca de duas vezes ao dia, antes do almoço e do jantar.

Curiosidade

A quina foi utilizada pela primeira vez pelos jesuítas, em 1630, e por isso ficou conhecida como casca dos jesuítas ou pó dos jesuítas. Com o tempo, ela foi se popularizando e ganhando atenção do resto do mundo. Em 1860 o governo holandês começou uma produção na ilha de Java, afim de monopolizar sua produção – tamanha sua importância. Desde então, ela é considerada muito importante por suas propriedades curativas e passou a ser muito utilizada pela homeopatia.

 

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Publicidade

Publicidade

Leia também:


Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*