Losna – 14 Benefícios para a saúde

Também chamada de Absinto e reconhecida por seu sabor bastante amargo, a Losna é há milênios empregada no tratamento natural de diversas enfermidades.

losna

14 Benefícios da Losna

1 – Favorece a digestão

As propriedades tônicas e depurativas dessa planta são de imensa ajuda para a digestão, evitando problemas como azia, acidez estomacal, vômitos etc., atuando na limpeza e normalização quanto às funções do estômago.

Essa planta também previne a prisão de ventre e suas propriedades antibióticas atuam no tratamento de intoxicação alimentar.


2 – Estimula o apetite

Por favorecer a atividade digestiva e ainda contribuir para a eliminação de vermes intestinais, essa planta contribui para o aumento do apetite, sendo indicada inclusive para pessoas que sofrem de anorexia.

3 – Trata anemia

Por melhorar as funções digestivas e favorecer a absorção de nutrientes pelo organismo, a Losna contribui para a prevenção e tratamento da anemia, doença caracterizada pela diminuição dos glóbulos vermelhos.

4 – Melhora a circulação do sangue

Outro dos benefícios dessa planta diz respeito à melhora da circulação sanguínea, ajudando a limpar o sangue.

5 – Alivia cólicas no intestino

Cólicas no intestino na maioria das vezes são causadas pela ação de bactérias ou parasitas que se alojam nesse órgão. Graças às propriedades vermífugas e antibióticas dessa planta, ela elimina a causa do problema aliviando naturalmente essas cólicas.

6 – Previne e trata problemas de rins e bexiga

As substâncias tônicas, estimulantes e anti-inflamatórias da Losna auxiliam na prevenção e tratamento de problemas relacionados aos rins e à bexiga, como infecções, por exemplo.


7 – Trata problemas pulmonares

Essa planta contribui para aliviar sintomas relacionados à ação de bactérias causadoras de doenças respiratórias.

8 – Alivia cólicas menstruais

Um dos benefícios mais conhecidos dessa planta trata-se do papel que ela desempenha para regularizar o ciclo menstrual e aliviar cólicas, já que ela estimula o fluxo sanguíneo.


9 – Trata problemas no fígado

O amargo característico dessa planta denota sua capacidade para o tratamento de doenças hepáticas. Ela desintoxica o fígado e promove uma limpeza no órgão, ajudando a prevenir e combater uma série de doenças como esteatose hepática (gordura no fígado), cirrose etc.

10 – Alivia dores reumáticas

Em virtude das propriedades anti-inflamatórias dessa planta, ela é de grande ajuda para alívio da dor e do inchaço nas articulações, sintomas típicos de doenças reumáticas como artrite e artrose.

losna-beneficios

11 – Alivia dores de contusões

De igual maneira, em razão das propriedades anti-inflamatórias da Losna, o chá dessa planta contribui para aliviar dores causadas por contusões.

Por essa razão, ela é recomendada principalmente para pessoas que fazem intenso esforço físico.

12 – Trata problemas de pele e cabelo

Graças às substâncias anti-inflamatórias dessa planta, o uso externo do chá de Losna é indicado para tratar problemas como piolhos, queda de cabelo, micoses na pele, dermatite por fralda, furúnculos e pé-de-atleta.

13 – Favorece o sistema imunológico

A perfeita combinação de propriedades tônicas, vermífugas, estimulantes, anti-inflamatórias e antibióticas fazem dessa planta uma poderosa aliada das defesas imunológicas, tornando o organismo mais resistente a uma série de enfermidades provocadas por fungos, vírus, bactérias ou parasitas.

14 – Combate o mau hálito

Os elementos adstringentes contidos nessa planta combatem o mau hálito e contribuem para a higiene bucal como um todo, protegendo dentes e gengivas de processos inflamatórios.

Como fazer o chá de Losna?

Ingredientes

  • 20 gramas de flores ou folhas de Losna;
  • 1 litro de água.

Modo de fazer

  • Colocar a água para esquentar. Quando ela começar a levantar bolhas (um pouco antes de ferver), desligar o fogo e acrescentar a Losna;
  • Abafar o chá e deixá-lo descansando/esfriando por 10 minutos;
  • Coar e armazená-lo em uma garrafa ou jarra com tampa.

Como consumir o chá?

É indicado beber no MÁXIMO 2 xícaras desse chá por dia, sendo cada uma delas ingerida 10 minutos antes das principais refeições.

Recomendações quanto ao uso do chá

  • Esse chá pode ser utilizado de forma contínua pelo período MÁXIMO de 4 semanas;
  • Enquanto estiver fazendo uso desse chá, fica proibido o consumo de bebidas alcoólicas, já que isso pode trazer sérios danos para a saúde.

Quais as contraindicações da Losna?

Embora o chá dessa planta promova uma série de importantes benefícios para a saúde, ele não deve ser utilizado nas seguintes circunstâncias:

  • Gestantes (essa planta contém substâncias abortivas);
  • Mulheres que estão amamentando;
  • Pessoas que sofrem de pressão alta, arritmia cardíaca ou demais problemas de coração;
  • Pessoas que apresentam reações alérgicas a essa planta.

Obs.: indivíduos diagnosticados com outros tipos de doença ou que estejam ingerindo medicamentos, deverão consultar um médico antes de ingerir o chá e demais produtos feitos com essa planta.

Quais os possíveis efeitos colaterais da Losna?


Sobretudo quando utilizada de forma inadequada, em exagero ou por períodos que ultrapassam o recomendado, essa planta pode provocar:

  • Aumento da pressão arterial;
  • Cólicas abdominais;
  • Sangramentos;
  • Tontura;
  • Tremores;
  • Delírios;
  • Convulsões;
  • Danos neurológicos.

Algumas curiosidades sobre a Losna?

  • Essa planta também é conhecida como erva-do-fel, absinto, alenjo, erva-de-santa-margarida, erva-dos-vermes e sintro;
  • Registros históricos mencionam que essa planta já era utilizada há milhares de anos por antigos povos para tratamento de diversas doenças;
  • Na Grécia antiga, um dos usos comuns dessa planta destinava-se às homenagens realizadas à deusa Artemis;
  • Atualmente, essa planta é muito utilizada na fabricação de uma bebida alcoólica reconhecida pelo sabor intensamente amargo: o absinto;
  • O amargo dessa planta foi citado em um dos provérbios bíblicos do Rei Salomão, que diz: “A infidelidade, ainda que possa ser excitante e doce no seu início, costuma ter um fim amargo como a Losna.”

O uso de outras plantas medicinas

Além de conhecer as propriedades características dessa planta, para prevenir e tratar diversos tipos de doenças, é recomendável buscar informações sobre outras variedades de plantas medicinais.

A cada dia, a ciência comprova os inúmeros efeitos positivos de cada uma delas para o organismo, favorecendo o tratamento 100% natural e evitando o excesso de medicamentos alopatas que muitas vezes podem causar danos a curto e longo prazo.

Com todas essas informações sobre a Losna, fica fácil compreender o poder terapêutico das plantas e porque ela é até hoje utilizada.

 Imagens:       norteandovoce.com.br             chasbrasil.com

Continue lendo sobre saúde natural: