Óleo de Cártamo – Como Tomar, Benefícios e Efeitos Colaterais

Para que seja possível obter o equilíbrio orgânico, são necessárias uma infinidade de substâncias que, juntas, favorecem a saúde. Uma delas trata-se do óleo de cártamo.

Para saber quais são os benefícios que este óleo fornece para a saúde e quais as melhores maneiras de utilizá-lo, basta conferir nosso post.

 

oleo-de-cartamo

Óleo de cártamo – O que é?

Como o próprio nome sugere, este óleo é obtido por meio do Cártamo, uma planta originária do Oriente Médio que atualmente é cultivada também nos Estados Unidos e no Continente Europeu.

Suas flores amarelas ou alaranjadas oferecem a ela uma beleza especial, sendo esta planta da mesma família do exuberante girassol (planta também utilizada na produção de óleo).

Quais são os benefícios oferecidos pelo óleo de cártamo?

Diminui o colesterol ruim

Por conter uma grande quantidade de ômega 6, um dos tipos de ácidos graxos benéficos à saúde do corpo, este óleo é tido como um dos grandes aliados no combate ao colesterol ruim, o chamado LDL.

Este efeito favorece a saúde das artérias, evitando o entupimento e enrijecimento delas, o que naturalmente diminui o risco de infartos e derrames.

Controla o diabetes

O óleo de cártamo também se apresenta muito eficaz na prevenção e controle do diabetes, já que as substâncias contidas nele atuam no equilíbrio das taxas de glicose no sangue.

Auxilia no emagrecimento

Pelo fato de o ômega 6 contido neste óleo auxiliar o organismo na queima de gordura, ele é considerado um poderoso agente natural no processo de emagrecimento, ajudando também na eliminação de toxinas prejudiciais ao organismo.

Inclusive, estudos feitos em pessoas que adotaram o consumo deste óleo demonstraram que ele contribui para a eliminação da gordura abdominal.

O consumo diário desse óleo coopera também para a percepção da saciedade, equilibrando o apetite de forma natural.

Tem ação antioxidante

E por falar em eliminação de toxinas, outro dos benefícios proporcionados por este óleo trata-se de ele agir como um excelente antioxidante.

O motivo disso é que ele combate os chamados radicais livres responsáveis por uma série de doenças e pelo envelhecimento precoce.

Alivia os sintomas da TPM

Embora poucas pessoas saibam disso, entre os benefícios do óleo de cártamo está o alívio dos sintomas típicos da TPM, tais como: alterações no ciclo menstrual, dores de cabeça, inchaço, irritabilidade etc.

Isso é possível graças ao ácido linoleico presente neste óleo, pois ele contém substâncias que auxiliam no equilíbrio hormonal.

Fortalece as defesas imunológicas

O consumo regular (e moderado) deste óleo apresenta excelentes resultados quanto ao fortalecimento do sistema imunológico, ou seja, as defesas naturais do organismo.

Por conta disso, é reduzido consideravelmente o risco de infecções, resfriados, gripes, dores de garganta e até mesmo complicações oriundas de doenças autoimunes.

Favorece a saúde da pele

Além dos muitos benefícios oferecidos para a saúde, o óleo de cártamo faz um bem imenso para a beleza, sobretudo no que diz respeito à pele, já que ele atua na:

  • Desobstrução dos poros;
  • Redução de manchas;
  • Inibição dos sinais do envelhecimento;
  • Prevenção de acnes;
  • Redução dos efeitos oriundos de cicatrizes;
  • Promove uma limpeza natural dos tecidos da pele;
  • Favorece um aspecto muito mais rejuvenescido, sobretudo para o rosto.

 

pra-que-serve-oleo-de-cartamo

Promove a saúde dos cabelos

Além de fazer um bem imenso para a pele, este óleo é um dos melhores aliados dos cabelos saudáveis, sendo por este motivo muito utilizado pela indústria de cosméticos, promovendo:

  • Crescimento e fortalecimento dos fios;
  • Maior brilho e vida para os cabelos;
  • Combate à queda;
  • Protege contra a ação da poluição, raios solares etc.

Como tomar o óleo de cártamo?

Após ver tantos benefícios oferecidos, é natural que as pessoas queiram saber como fazer para consumir este óleo.

Basicamente, o óleo de cártamo está disponível em duas versões para consumo: em líquido e em cápsulas.

Líquido

Basta ingerir diariamente 1 colher de sopa de óleo de cártamo puro, preferencialmente 30 minutos antes do almoço.

Cápsulas

Para quem optar por ingerir este óleo em cápsulas, basta tomar 2 cápsulas diariamente, devendo cada uma ser ingerida 30 minutos antes das principais refeições do dia.

Vale ressaltar que, antes de começar a consumir este óleo, é interessante consultar um médico para definir a quantidade ideal a ser ingerida conforme histórico de saúde, sobretudo para pessoas que sofrem algum tipo de enfermidade.

Onde encontrar este óleo e qual o preço?

Este óleo é encontrado facilmente nas lojas de produtos naturais, sendo que a internet oferece diversas opções para entrega deste produto em todo Brasil.

Em média, uma embalagem econômica contendo 180 cápsulas com óleo de cártamo custa em torno de R$95,00.

Este óleo apresenta efeitos colaterais?

Embora o óleo de cártamo seja 100% natural, é possível que o consumo dele apresente alguns efeitos colaterais (principalmente quando ingerido em excesso e além das quantidades recomendadas). Estes efeitos são:

  • Diminuição da coagulação sanguínea;
  • Reações alérgicas (sobretudo no caso de pessoas alérgicas à ambrósia, já que ela é da mesma família do Cártamo);
  • Ocorrência de problemas renais;
  • Desconfortos digestivos e/ou abdominais;
  • Hipotensão (pressão baixa);

Contraindicações

Em virtude dos efeitos colaterais acima, o consumo do óleo de cártamo é contraindicado nos casos de:

  • Gestantes;
  • Mulheres que estão amamentando;
  • Pessoas que possuem pressão sanguínea baixa;
  • Pessoas que sofrem de problemas renais;
  • Pessoas alérgicas à ambrósia; margarida, cravo e crisântemo;
  • Pessoas que sofrem problemas relacionados à coagulação sanguínea.

Recomendações adicionais

O óleo de cártamo tanto líquido quanto em cápsulas precisa ser conservado em local escuro e fresco, mantendo o recipiente fechado. Isso evita que ocorra o processo oxidativo.

Além de fazer uso desta e de outras formas de suplementação alimentar, é indispensável ter consciência de que os efeitos proporcionados serão obtidos e mantidos também por meio de hábitos saudáveis.

Isso engloba uma alimentação balanceada e rica em nutrientes assim como também a prática regular de atividade física seja em parques ou em academias.

Portanto, o uso do óleo de cártamo não exclui a necessidade de cuidar da alimentação, fazer exercícios e também realizar consultas e exames médicos regularmente, cuidado da saúde em todos os aspectos.

Fontes:
1, 2, 3 
 
Imagem:
treinomestre.com.br  homensquesecuidam.com

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Leia também:




Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*