Óleo de palma – 11 Benefícios, O que é, onde comprar e Dicas

oleo-de-palma

O óleo de palma, popularmente conhecido no Brasil como azeite-de-dendê, é amplamente utilizado na culinária em virtude dos benefícios oferecidos. Para saber detalhes sobre esse óleo, veja nosso post.

Óleo de palma – O que é?

Trata-se do óleo produzido a partir do fruto do dendezeiro, uma palmeira que tem suas origens no continente africano.

Devido à vinda dos escravos para a região da Bahia séculos atrás e às condições climáticas do estado, essa palmeira adaptou-se facilmente e é até hoje bastante utilizada na culinária baiana.

A composição desse óleo também é aproveitada pela indústria como um substituto do óleo diesel e na fabricação de sabão, vela, chapas de aço, graxas e lubrificantes.

Publicidade

Óleo de palma – Quais benefícios ele oferece para a saúde?

1 – Melhora a saúde do cérebro

Devido à grande quantidade de antioxidantes presente na palma, o óleo dela melhora as atividades cognitivas, tais como memória, concentração, foco, aprendizado etc.

Os antioxidantes também evitam o desgaste celular e favorecem o bom funcionamento do cérebro como um todo.

2 – Previne e combate a anemia

Os bons níveis de ferro – importante mineral para a saúde sanguínea – contidos na palma atuam na prevenção e auxílio ao tratamento da anemia, problema ainda mais comum em crianças, gestantes e idosos.

3 – Favorece a saúde do coração

Por conter boa quantidade de Vitamina E e ajudar na redução dos níveis de colesterol ruim (LDL), o óleo de palma (desde que ingerido moderadamente) atua como um grande aliado da saúde cardíaca, diminuindo os riscos de infarto, tromboses e AVC – Acidente Vascular Cerebral.

4 – Contribui para a saúde dos olhos

A excelente quantidade de Vitamina A contida nesse óleo previne a degeneração macular e a ocorrência da catarata, problema mais comum na terceira idade.

Publicidade

5 – Combate inflamações

Os antioxidantes presentes na palma possuem ação anti-inflamatória semelhante a de um medicamento chamado ibuprofeno, tamanha sua eficácia.

Esse efeito anti-inflamatório inibe o estresse oxidativo altamente prejudicial ao organismo e naturalmente combate os processos inflamatórios que acometem o corpo.

6 – Previne e trata osteoporose

Por conter cálcio, o óleo de palma contribui para a densidade óssea, atuando na prevenção e tratamento da osteoporose, uma doença que afeta principalmente mulheres acima dos 60 anos.

7 – Previne o câncer

Os antioxidantes, entre eles a Vitamina A, presentes na palma, contribuem para neutralizar a ação dos radicais livres responsáveis pelos danos celulares que aumentam os riscos de desenvolvimento de tumores.

Vale ressaltar que esse benefício é válido apenas quando esse óleo não é refinado a altas temperaturas. Do contrário, esse benefício fica comprometido.

8 – Fornece energia para o corpo

Graças ao betacaroteno presente nesse óleo, ele fornece uma excelente quantidade de energia para o corpo, favorecendo a disposição para as atividades do dia a dia e realização de atividades físicas.

9 – Contribui para o equilíbrio hormonal

As gorduras monoinsaturadas e a vitamina A contida no óleo de palma auxiliam no equilíbrio hormonal tanto de homens quanto de mulheres, favorecendo também a metabolização de nutrientes.

10 – Favorece a saúde da pele

Também em virtude da vitamina A, desde que consumido de forma moderada, esse óleo funciona como um grande aliado para a saúde da pele. Além de hidratar, ele inibe alguns dos efeitos do envelhecimento, que são manchas, rugas, flacidez, linhas de expressão etc.

11 – Hidrata e dá brilho aos cabelos

O consumo desse óleo auxilia na obtenção de fios capilares naturalmente hidratados e brilhosos, rejuvenescendo a aparência.

Vale frisar que para usufruir desse efeito o consumo desse óleo deve ser moderado, já que em excesso ele pode aumentar a oleosidade do cabelo.

oleo-de-palma-beneficios

Composição do óleo de palma?

  • Vitamina A (é 14 vezes maior que a encontrada na cenoura);
  • Vitamina E;
  • Gorduras monoinsaturadas;
  • Cálcio;
  • Fósforo;

Para que serve o óleo de palma?

Na alimentação, é utilizado no preparo de:

  • Manteigas;
  • Ensopados;
  • Frituras;
  • Pães;
  • Bolos;
  • Tortas;
  • Biscoitos;
  • A indústria alimentícia utiliza esse óleo para a produção de Nutella (creme de chocolate com avelã amplamente comercializado).

Na indústria, também é empregado na produção de:

  • Detergentes;
  • Sabão;
  • Sabonete;
  • Sabão em pó;
  • Amaciantes;
  • Roupas biodegradáveis.

Polêmica acerca do óleo de palma e a Nutella

De acordo com informações divulgadas pela Autoridade Europeia de Segurança Alimentar (EFSA), quando refinado em altas temperaturas (superiores a 200ºC), esse óleo pode gerar componentes cancerígenos, aumentando os riscos quanto ao desenvolvimento da doença.

A empresa italiana Ferrero utiliza o óleo de palma para a produção de um produto muito popular no Brasil e no mundo, a Nutella (creme de chocolate com avelã) utilizado principalmente no café da manhã e no preparo de sobremesas. A utilização desse óleo confere a textura macia e durabilidade do produto.

Embora a Europa tenha recomendado à população evitar o consumo do produto ou demais gêneros alimentícios que contenham óleo de palma refinado, a Ferrero garante a segurança do produto para a saúde.

Embora essas informações ainda estejam em fase de estudos, diversas indústrias alimentícias deixaram de utilizar esse óleo em seus produtos para evitar problemas com os órgãos regulamentadores da segurança alimentar.

Outra polêmica quanto à produção do óleo de palma diz respeito às questões ambientais. O motivo disso é que a palma é cultivada em grandes quantidades principalmente na Malásia e Indonésia, países que sofrem significativos efeitos com o desflorestamento.

Onde comprar óleo de palma?

Esse óleo é facilmente encontrado em supermercados, lojas especializadas em óleos vegetais e lojas de produtos naturais (físicas e pela internet).

Recomendações especiais

Pelo fato de ser bastante calórico, o consumo desse óleo não é indicado para pessoas que desejam perder peso.

Pessoas que sofrem de diabetes, problemas cardíacos ou colesterol alto devem fazer uso moderado desse óleo. Embora o efeito dele seja benéfico, em exagero ele poderá causar desequilíbrios.

Ao adotar o consumo desse óleo, é essencial também ter uma alimentação balanceada, rica em peixes, frutas, verduras, vegetais e cereais integrais. Isso é de vital importância para cuidar da saúde como um todo.

Beber 2 litros de água todos os dias é outra das recomendações básicas para que tanto o óleo de palma quanto outros tipos de óleos vegetais desempenhem suas funções no organismo de forma adequada.

Publicidade

Imagens- biomassabioenergia.com.br      cirifletto.it


Assuntos Interessantes:

 

Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


6 − 2 =