Papoula – Propriedades, 9 Benefícios, Efeitos Colaterais e ANVISA

A papoula é uma bela flor, seu nome científico é Papaver Somniferum, originária da Europa essa planta era associada pela mitologia grega á vários Deuses ligados ao sono.  Outra curiosidade ligada a essa planta é que seu uso na culinária é comum em saladas e diversos pratos desde a antiguidade.

A plantação da papoula no Brasil é proibida, porém, a aquisição das sementes pode ser feita por importação e deve seguir toda a burocracia exigida pelos órgãos regulamentadores, pois a comercialização das sementes é controlada pela ANVISA.

Nesse artigo, você vai saber para que serve a papoula, bem como suas propriedades, benefícios, efeitos colaterais e o que diz a legislação brasileira sobre o uso dessa substância.

 

papoula

 

Propriedades da papoula

Diversos Países usam a papoula, em lugares da Ásia como a China e planta é conhecida pelas suas propriedades sedativas, por isso, na Grécia ela também estava relacionada ao sono devido seus princípios ativos para acalmar o sistema nervoso, relaxar e proporcionar uma sensação de extremo relaxamento fazendo com que a pessoa durma bem.

Publicidade

A semente de papoula ainda possui uma substância chamada de codeína, que é largamente utilizada na fabricação de remédios infantis para a dor. A planta deve ser utilizada em pequenas quantidades, desse modo é possível notar os efeitos analgésico, narcótico, calmante, anti diarréico e antiespasmódico.

É muito comum notar a presença de umas bolinhas pretas (sementes de papoula) na confeitaria, elas são usadas para enfeitar pães e bolos por concentrarem fibras, sódio, potássio, magnésio, zinco, cálcio e fósforo.

A tabela nutricional das sementes da papoula indica a concentração de ômega 3 e ômega 6 e lecitina, a cada 100 gramas dos grãos são encontrados 22,7% de proteínas, 9,8% de carboidratos e 533 calorias.

Para que serve a papoula 

As sementes da papoula são muito utilizadas em saladas, pães, doces, bolos e biscoitos e compotas, em Países como o Japão, esse ingrediente também usado em molhos, sucos e smothies.

Devido as mudanças de trâmites para ter acesso as sementes de papoula no Brasil, percebeu-se que elas estão sumindo vagarosamente da culinária, alguns estabelecimentos gastronômicos que fazia uso dessa especiaria optaram por mudar o cardápio devido as dificuldades de aquisição.

O ópio uma solução de alcalóides extraídos da papoula é também usado para fins medicinais, inclusive para a produção de medicamentos como a morfina e também de drogas perigosas como a heroína, por esse motivo, a venda de sementes de papoula no Brasil é controlada pela ANVISA.

Outras curiosidades do uso da planta para fins medicinais é que nos tempos antigos, o chá de papoula feito com as pétalas da planta tratava problemas de insônias, ansiedade, estresse e prisão de ventre. Hipócrates, considerado o pai da medicina chegou a registrar os efeitos terapêuticos da planta, por isso, ela ganhou notoriedade em toda a Europa no século XVI fazendo com ela ficasse muito conhecida como uma grande amenizadora de dores.

9 Benefícios

A papoula é uma planta polêmica devido suas propriedades narcóticas e hipnóticas, exatamente por esse motivo que o seu uso deve ser controlado.

Publicidade

1- Previne pedras nos rins

Pelo fato de esta flor inibir a absorção do cálcio pelo organismo, o chá das sementes desta planta é muito eficaz na prevenção de pedras nos rins, contribuindo também para limpar este órgão responsável por filtrar o sangue.

2- Hidrata o organismo

Rica em diversos minerais, as sementes de papoula são muito eficientes para hidratar o organismo, repondo substâncias como zinco, iodo, manganês, cobre e magnésio. Desse modo, o consumo desta planta sacia a sede, combate a febre e evita episódios de desidratação.

3- Favorece a saúde do coração

Por ser rica em ácido linoléico, a semente de desta flor favorece a saúde do coração e também inibe o acúmulo de gordura abdominal.

4- Hidrata a pele

Muito utilizada pela medicina ayurveda, a pasta de papoula misturada com leite é tida como um poderoso e agradável hidratante natural.

5- Auxilia no tratamento de doenças nervosas

Graças às substâncias sedativas contidas na semente desta flor, ela se apresenta muito eficiente no auxílio ao tratamento de doenças nervosas.

6- Combate inflamações

Devido ao ácido linoléico contido na papoula, ela também atua no tratamento de eczemas, queimação e coceiras que afetam a pele, favorecendo a higienização e hidratação dos tecidos.

7- Auxilia no tratamento da caspa

Além de fazer um bem imenso para a saúde da pele, o consumo do chá de papoula auxilia no tratamento da caspa e também fortalece os fios capilares, tornando-os mais brilhosos e consistentes.

8- Combate a insônia

Pelo fato de a papoula conter propriedades sedativas, ela é muito usada para combater a insônia e até mesmo episódios mais intensos de estresse e ansiedade.

9- Alivia dores

Devido às fortes substâncias analgésicas presentes nas sementes desta flor (incluindo a morfina), ela é muito eficaz no alívio de diversos tipos de dores.

Efeitos colaterais 

Agora que você já sabe para que serve a papoula, é importante saber que ela é uma planta tóxica e pode causar dependência quando consumida em grandes quantidades, as sementes contêm traços do ópio, por isso, quando ingerida os exames podem apontar abuso de drogas, apesar dessa substância ser natural é muito perigosa.

Embora algumas substâncias da planta sejam utilizadas com aprovação da FDA como medicamento injetável em alguns diagnósticos médicos, não se sabe ao certo qual é a quantidade da semente de papoula que pode ser prejudicial a saúde em adultos e crianças em forma de alimento, ainda não existem estudos conclusivos que demonstram resultados a respeito disso.

Segundo a FDA (Administração de Drogas e Alimentos dos Estados Unidos) é de extrema importância que as pessoas avaliem o que estão consumindo, inclusive os remédios naturais que até parecem seguros para saúde, pois, algumas vezes podem não conter somente o que dizem. Sempre deixe o seu médico por dentro de tudo o que está ingerindo, até mesmo chás de plantas e medicamentos fitoterápicos.

Plantar papoula e crime – Conheça o regulamento da ANVISA

Mediante a tanta polêmica sobre o plantio e uso da semente de papoula, nada melhor que consultar o órgão que fiscaliza o cultivo e a comercialização da planta. No site da ANVISA (Agência Nacional de Fiscalização Sanitária), a assessoria de imprensa declara a seguinte nota.

” No Brasil, o cultivo da papoula (Papaver Somniferum L.) é proibido, como estabelece a Portaria 344/98 do Ministério da Saúde. A única maneira da semente ser utilizada no país é por meio de sua importação. Para tanto, a empresa importadora deve obedecer a regras estabelecidas na Resolução RDC 239, de agosto de 2002, como, por exemplo, provar que a semente não tem capacidade germinativa e que, no país de origem, o cultivo da papoula é lícito”

Como fonte confiável, não há dúvidas que as informações relatadas nesse artigo são fundamentadas na verdade. Portanto, se você pretende utilizar a papoula para fins culinários ou medicinais, deverá seguir as exigências da lei para importação.

Embora, essas sementes façam parte da cultura culinária e para fins medicinais de muitos povos ao redor do mundo, já existem alguns Países na Europa que assim como no Brasil proíbem o cultivo da planta.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Publicidade

Leia também:


Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*