Chás que Grávidas não Podem Tomar – Lista de 8 Chás

Durante a gravidez, o cuidado deve ser redobrado, principalmente quando o assunto é a ingestão de chás. Devido as suas propriedades medicinais, as ervas que compõem a bebida, podem ser contraindicadas no período de gestação. Nesse artigo, vamos abordar os chás que grávidas não podem tomar.

 

chas-que-gravida-nao-pode-tomar

 

Algumas das ervas podem aumentar as contrações uterinas, ocasionando em aborto ou em um parto prematuro. Porém, tudo depende da quantidade e frequência no qual são consumidos.

Para tentantes também é uma fase na qual é preciso ficar atenta às receitas que consome, uma vez que pode retardar o processo de fecundação.

Evite Tomar Chás na Gravidez

Existem alguns chás que grávidas não podem tomar. Deve-se sempre consultar o seu médico para dar as melhores indicações daquilo que pode ou não ser consumido. Assim, ocorrerá uma gestação tranquila longe de aborto e má formações do feto.

Publicidade

Pelo fato dos órgãos do bebê começar a se formar por volta dos três primeiros é de suma importância o início da gravidez e merecem uma atenção a mais. Todo cuidado ainda é pouco. Portanto, as futuras mamães de plantão, não devem fazer uso de nenhum chá que seu médico não aprove. Seguindo as indicações do profissional à risca, terá uma gestação longe de problemas.

Lista de 8 Chás que Grávidas não Podem Tomar

Alguns médicos costumam alertar suas pacientes para a não ingestão de chás durante a gravidez, pois alegam que em alguns chás há a presença de cafeína e até mesmo substâncias que são consideradas abortivas.

Para não causar transtornos durante a gravidez, recomenda-se não fazer o uso de alguns chás, preservando assim a vida do bebê, tendo uma gestação bem tranquila.

1- Chá de canela

A bebida pode provocar uma contração dos vasos sanguíneos e dos músculos do útero. A canela possui inúmeras vantagens, mas deve ser evitada ao máximo pelas gestantes. O uso do chá durante a gravidez, pode causar diversas complicações.

A canela atua como estimulante de contrações uterinas, podendo provocar um aborto natural. Além de elevar a pressão e trazer complicações para a gestação.

Portanto, o chá de canela é um dos chás que grávidas não podem tomar.

2- Chá de hortelã

O chá de hortelã pode diminuir sensações de azia, sendo uma boa opção para as gestantes. Seu consumo ponderado, não irá afetar a gestação, podendo até mesmo trazer algumas vantagens durante a gravidez. Durante a amamentação não é muito recomendado, pois pode diminuir a produção de leite.

3- Chá de boldo

Muitos o chamam de boldo chileno, e serve principalmente para tratar problemas relacionados à gastrite. Devido a presença de algumas substâncias, grávidas devem evitar tomar esse chá, prevenindo assim abortos.

Publicidade

4- Chá preto, verde, branco, mate e banchá

Devido à cafeína em sua composição, o seu uso pode acelerar o metabolismo e causar mal-estar e palpitações cardíacas.

O chá verde é produzido da mesma planta que o chá preto, porém com mudanças na forma que a erva é separada.

Há diferenças nos efeitos trazidos pelos dois para as mulheres grávidas. No caso do chá verde, as gestantes devem estar muito atentas, ainda mais nos primeiros meses, devido algumas composições do chá verde que podem inativar uma enzima que participa do metabolismo do ácido fólico, muito importante para a formação do feto.

Além dele, outras ervas são abortivas, assim como: chá de arruda, cipó-mil-homens, erva-de-bicho, buchinha do Norte, confrei, espirradeira, melão-de-são-caetano, erva-de-santa-maria, pinhão-de-purga ou pinhão-paraguaio, poejo e losna.

5- Chá de Gengibre

O chá de gengibre, se for preparado apenas com uma fatia pequena de gengibre pode ser consumido pelas grávidas, já que o seu uso é recomendado como um medicamento natural para o enjoo.

Porém, é importante tomar cuidado com o excesso, pois o gengibre ingerido em grandes quantidades pode elevar a pressão arterial. Grávidas que já têm pressão alta, o seu uso não é recomendado e pode ser arriscado para a saúde da mãe e do feto.

6- Chá de Hibisco

A bebida é famosa por ser rica em antioxidantes, no entanto, o chá de hibisco pode influenciar diretamente a atividade hormonal, o que pode causar algum problema, principalmente durante os três primeiros meses de gravidez.

Caso esteja tentando engravidar, evite o chá de hibisco, todo cuidado durante a gravidez deve ser redobrado.

7- Chá de Arruda

O chá de arruma pode provocar e acabar induzindo ao aborto. Portanto esse chá não é indicado para gestantes.

A arruda provoca contrações uterinas que podem causar sangramentos e, se a mulher estiver grávida, pode provocar um aborto ou gerar uma má formação no feto.

Além de ter efeito abortivo, o chá de arruda pode provocar intoxicações no organismo se for consumido em altas quantidades. Portanto, o seu consumo está proibido para as mamães de plantão!

Chás Permitidos na Gravidez

Mas nem todos os chás são prejudiciais para as gestantes, existem algumas bebidas que auxiliam em alguns sintomas da gravidez. Por terem propriedades calmantes e digestivas, chás de camomila, erva-cidreira, capim-limão e erva-doce (este último aumenta o leite materno) promovem uma sensação de relaxamento boa para mãe e filho.

Mas atenção, para não correr riscos, o melhor a fazer é usar esses chás apenas com orientação médica ou nutricional, por mais que seja um produto de origem natural e com efeitos medicinais.

 

 

 

 

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Publicidade

Leia também:


Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*