Como Tratar Alergias com Tratamentos Naturais

Grande número de pessoas deseja saber como tratar alergias com tratamentos naturais, ou seja, aqueles que não oferecem riscos para a saúde. Para isso, é fundamental, antes de mais nada, tratar das principais causas das alergias.

Para saber quais são esses tratamentos/métodos e como fazê-los, fique de olho no nosso artigo.

 

Como Tratar Alergias com Tratamentos Naturais

 

5 dicas de como tratar alergias com tratamentos naturais

1 – Tudo começa pela alimentação

Para tratar qualquer tipo de alergia de forma 100% natural é fundamental identificar as causas dela. Na grande maioria das vezes, os processos alérgicos (dos mais simples aos mais complexos) estão ligados à má alimentação.

Não é novidade que hoje em dia as indústrias utilizam diversos produtos químicos como corantes, conservantes, acidulantes etc. com o intuito de vender uma falsa imagem de alimento saudável.

Publicidade

É de suma importância avaliar se após a ingestão de determinados tipos de alimentos, as alergias aparecem com maior frequência e procurar não ingerir certos alimentos ou bebidas.

2 – Fortalecer as defesas imunológicas

O bom funcionamento das defesas imunológicas é crucial para tornar o organismo mais resistente aos agentes causadores de alergias, tais como bactérias, fungos, vírus entre outros elementos.

Para ter um corpo mais forte com o sistema imunológico trabalhando bem, é fundamental:

Cuidar da alimentação

O cardápio diário deve ser composto por grãos, cereais, legumes, frutas, verduras, bebidas como sucos naturais, água de coco, chás etc.

Ou seja, itens como pizza, lanches, massas, refrigerantes, salgadinhos, doces em geral etc., devem ser a exceção no cardápio e jamais a regra.

Publicidade

Além de fortalecer as defesas imunológicas com todas as vitaminas, sais minerais e demais nutrientes, uma alimentação adequada favorece o equilíbrio do peso e evita uma série de outras doenças, tais como hipertensão, diabetes, colesterol alto etc.

Os sintomas mais comuns diante de alergias oriundas de certos alimentos são: dores no estômago, boca seca, enjoo/vômito, intolerância a alguns tipos de alimentos, suor excessivo, fadiga, azia, palpitações, gosto de metal na boca, sensação de ardor na língua, indigestão, intestino preso e excesso de gases no intestino.

Fazer atividade física

Ainda que muitas pessoas não saibam disso, além de favorecer o coração, ajudar na perda de peso e proporcionar uma série de outros benefícios para a saúde, a prática regular de uma atividade física fortalece as defesas imunológicas. Por quê?

O motivo disso é que durante a prática de exercícios físicos o corpo libera uma série de hormônios que contribuem para o bom funcionamento das células relacionadas à sensação de bem-estar, entre eles a endorfina e a serotonina.

Administrar situações estressantes

Episódios de intenso estresse muitas vezes são responsáveis pelo surgimento de alergias na pele, conhecidas também como urticárias ou eczemas, causando coceira, dor, vermelhidão etc.

Isso ocorre porque durante períodos de grande tensão, uma das respostas do corpo é liberar hormônios altamente prejudiciais para a saúde, entre eles o cortisol e a adrenalina.

Em resposta à ação desses hormônios, o organismo acaba sofrendo com processos alérgicos com maior ou menor intensidade.

Ter um hobby

Um hobby nada mais é que uma atividade que proporcione a sensação de bem-estar. Alguns podem se perguntar: “e o que isso tem a ver com alergias”? Tudo.

A ciência comprova que as pessoas que investem em momentos de bem-estar são menos suscetíveis aos perigosos efeitos físicos do estresse e da depressão, sendo que suas defesas imunológicas trabalham muito melhor.

Por isso, para quem deseja estar mais resistente a alergias e doenças, é fundamental investir em uma atividade que proporcione alegria.  Essas atividades podem ser: cuidar de um jardim, fotografar, passear com o animal de estimação, dançar etc.

Por isso, para aprender como tratar alergias com tratamentos naturais é preciso identificar as causas do problema e aprender a administrar períodos mais estressantes.

3 – Beber 2 litros de água

Principalmente para as pessoas que já sofrem de algum tipo de alergia, é indispensável adquirir o hábito de beber 2 litros de água (mineral ou filtrada) todos os dias.

A água atua purificando a corrente sanguínea, sendo que além de hidratar o corpo, ela é fundamental para eliminar toxinas e demais agentes, muitas vezes, responsáveis por causar terríveis processos alérgicos.

4 – Deixar os ambientes livres de ácaro

O ácaro acumulado nos ambientes domésticos ou de trabalho também é conhecido como um dos principais vilões da saúde, sendo grande causador de processos alérgicos tanto em crianças quanto em adultos.

Para deixar os ambientes livres de ácaro, é imprescindível deixar os cômodos bem arejados e iluminados (evitando umidade), aspirar o chão, tapetes, cortinas e colchões, colocar almofadas e travesseiros no sol e buscar ao máximo evitar ter ursos de pelúcia em casa.

Outra sugestão interessante é substituir as cortinas em tecidos pelas persianas, que são mais fáceis de limpar e não acumulam tanto ácaro.

5 – Observar reações após contato com animais

Por mais que muitas pessoas (sobretudo as crianças) queiram ter um animal doméstico, muitas vezes, são alérgicas a eles.

Por isso, é importante observar se as crises alérgicas são desencadeadas após contato principalmente com gatos ou cachorros, evitando a presença desses animais nos ambientes mais frequentados pelas pessoas alérgicas.

No caso de quem já tem animais, é importante que eles estejam sempre bem higienizados, evitando agentes causadores de outras doenças.

É necessário procurar um médico?

Sem dúvida. Tanto na fase de identificação das causas como também no momento de acompanhar possíveis crises alérgicas, a orientação médica é indispensável.

Isso porque as alergias ocorrem por diversas razões e cada organismo tem uma forma muito específica de responder a elas. Em alguns indivíduos elas podem ser mais brandas enquanto que em outros, mais graves.

Portanto, somente um médico mediante conhecimento do quadro clínico do paciente poderá prescrever o melhor tratamento.

Vale ressaltar que em hipótese nenhuma as pessoas deverão usar medicamentos por conta própria para tratar alergias, já que isso poderia piorar gravemente o quadro do paciente.

Publicidade

Todas essas dicas de como tratar alergias com tratamentos naturais visam atingir as causas do problema, mas de forma alguma excluem a necessidade do devido tratamento médico recomendado para cada caso especificamente.

 

 


Assuntos Interessantes:

 

Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


12 + três =