Celulose – O que é e quais os seus Tipos

A celulose forma a estrutura de todos os vegetais. Embora pertencendo à família dos glucídios, não se trata de um alimento, poiso organismo não a assimila; mas ela exerce uma função indispensável na digestão; seu volume estimula as contrações do intestino e testa o bolo alimentar. Se os ruminantes chegam a nutrir-se dela, ela permanece inatacável pelas diástases do suco intestinal humano, exceto certas formas de celulose situadas nas partes muito tenras das plantas.

No entanto, deve-se fazer uma distinção entre esses dois tipos:

A sêmea dos cereais (de 1% a 2,5% nos cereais, na farinha e no pão, conforme a peneiração) tem um efeito laxativo e aumenta o volume das fezes. Não é muito bem tolerada pelos intestinos frágeis, pois aumenta a perda das fezes em azoto e em cálcio, aumentando o trabalho digestivo. Elemento de “desassimilação”, perturba a utilização digestiva dos outros alimentos.

 

celulose

 

Celulose dos Legumes e Frutas

Sua presença nos legumes e das frutas tem efeitos mais brandos. Não diminui o volume das fezes em proporções tão grandes. Age suavemente e é bem tolerada pelos intestinos mesmo frágeis.

Publicidade

As frutas frescas que, aliás, contêm taninos de ação adstringente e fermentos que facilitam a assimilação das proteínas, têm menos de 1% de celulose. Os legumes possuem-na em maior quantidade, mais de 1%, exceto a batata: 0,4%. Os sucos de frutas ou de legumes contêm muito pouca celulose, sendo, portanto, muito digestivos.

Para serem facilmente digeridos, os vegetais devem ter pouca ou apenas a celulose jovem. É o caso das frutas, fora as maçãs, e de alguns legumes crus. Um vegetal contêm celulose tanto mais tenra quanto menos rugosas forem suas fibras. Assim sendo, o ruibarbo, a haste do aipo ou o feijão verde, constituídos de celulose dura, são às vezes mal tolerados.

As frutas e os legumes crus são uma excelente fonte de vitaminas e de sais minerais, mas não se deve abusar deles. Uma ou duas vezes por dia já é o bastante. Infelizmente, trata-se de um máximo que está longe de ser atingido e são raros os que pecam por excesso.

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Publicidade

Leia também:


Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*