Vitamina B5 – Benefícios, Alimentos e Fontes

A vitamina B5 é solúvel na água e excretada cerca de oito horas após a ingestão e, como as outras vitaminas B, precisa ser reposta através de alimentos integrais, ou de suplementos.

A vitamina B5 é, na realidade, um grupo de substâncias: piridoxina, piridoxal e piridoxamina. Essas substâncias estilo intimamente associadas e funcionam juntas.

Mede-se em miligramas (mg).  Sua necessidade aumenta nas dietas com alto teor proteico. Tem de estar necessariamente presente para a produção de anticorpos e de células vermelhas do sangue.

vitamina-b5

Há indicações de sua síntese pelas bactérias intestinais e de que isso ocorre em conseqüência de uma dieta vegetal suplementada com celulose.

Publicidade

A dosagem diária recomendada para os adultos é de 1,6 a 2,0 mg; sugerem-se doses mais altas durante a gravidez e a amamentação. E essencial para a absorção adequada da vitamina B12. Necessária à produção de ácido clorídrico e magnésio.

Benefícios da Vitamina B5

  • Assimilar adequadamente a proteína e a gordura.
  • Ajudar na conversão do triptofano, que é um aminoácido essencial, em niacina.
  • Contribuir para evitar diversas perturbações nervosas e da pele.
  • Aliviar a náusea (muitas das fórmulas para mal-estar matinal prescritas pelos médicos incluem vitamina B).
  • Promover a síntese de ácidos nucléicos antienvelhecimento.
  • Ajudar a reduzir a secura na boca e problemas para urinar causados por antidepressivos tricíclicos,
  • Reduzir espasmos musculares noturnos, cãibras nas pernas, dormência nas mãos e algumas formas de neurite nas extremidades.
  • Funcionar como diurético natural.

Doenças causadas pela deficiência:

Anemia, dermatite seborreica, glossite. Água, técnicas de processamento de alimentos, álcool, estrógeno.

  

Fontes – Alimentos Ricos em Vitamina B5

Boas fontes da vitamina b5 são: Lêvedo de cerveja, farelo de trigo, germe de trigo, fígado, rim, coração, melão, repolho, melado, leite, ovo, carne.

alimentos-ricos-em-vitamina-b5

 

Dicas:

  • Se você usa pílula anticoncepcional, é muito provável que necessite de doses maiores de vitamina B6.
  • Os consumidores de grandes quantidades de proteína precisam de doses maiores de vitamina B6.
  • Quem sofre de artrite e está se tratando com medicamento que tem penicilina, deve tomar suplementos de B6.
  • Esta vitamina é mais eficiente quando tomada com as vitaminas B1, B2, o ácido pantatênico, a vitamina C e magnésio.
  • Suplementos desta vitamina não devem ser tomados por aqueles que estiverem sob tratamento com levodopa para o mal de Parkinson (consulte seu médico sobre Sinemet, um medicamento que pode evitar essa interação adversa com vitamina).

Suplementos vitamínicos:

Disponível em diferentes dosagens – de 50 mg a 500 mg – em forma individual, na forma de complexos B e nas fórmulas multivitamínicas.

Para evitar que ocorram deficiências em outras vitaminas B, a piridoxina deve ser tomada em quantidades iguais com as vitaminas B. Pode ser adquirida em fórmulas de dissolução lenta, que asseguram liberação gradual por período de até dez horas (EUA).

Toxicidade:

Doses diárias de 2 g a 10 g podem causar distúrbios neurológicos. Possível sintoma de excesso de vitamina B é a inquietação noturna e lembranças extremamente vívidas dos sonhos. Não se recomendam doses acima de 500 mg.

Inimigos:

Armazenamento prolongado, armazenamento em lata.

TABELA DE VITAMINAS

Publicidade

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Publicidade

Leia também: