12 Benefícios da Vitamina D – Para Que Serve e Deficiência (Falta dela)

Muita gente certamente já ouviu falar a respeito da Vitamina D, já que ela consiste em uma das substâncias determinantes para o bom funcionamento do organismo. Apesar do nome, a vitamina D é considerada uma pró-hormona e não realmente uma vitamina. Isto se deve porque o nosso corpo é capaz de produzir a sua própria vitamina D, através da exposição aos raios solares.

Você anda com ossos e dentes do corpo fracos? Costuma ficar muito resfriado? Então talvez uma pequena mudança em sua dieta, adicionando alimentos ricos em Vitamina D, pode ser o suficiente para melhorar sua qualidade de vida.

 

vitamina D

 

1 – Vitamina D fortalece o sistema imunológico

Essa vitamina é essencial para as defesas imunológicas, tornando o organismo menos suscetível aos processos infecciosos. Ela é também fundamental no caso de pessoas que sofrem de doenças autoimunes, já que a carência desse nutriente pode provocar graves complicações.

2 – Melhora o funcionamento do cérebro

O equilíbrio dessa substância no organismo é indispensável para o bom funcionamento do cérebro, melhorando as funções de memória, concentração, equilíbrio do corpo e aprendizado. Vale ressaltar que a falta dessa vitamina está associada ao aumento do risco de desenvolver problemas neurológicos, inclusive a demência.

Publicidade
Publicidade

3 – Equilibra o peso

A Vitamina D é determinante para a produção da insulina – substância responsável por evitar o acúmulo de glicose no sangue –, sendo indispensável para o controle do peso, já que mediante o aumento do nível de insulina a absorção do açúcar é maior e o apetite aumenta (fatores que arruínam qualquer dieta).

4 – Reduz o risco de diabetes

Exatamente por favorecer a produção de insulina, essa vitamina é crucial para prevenir e ajudar no tratamento do diabetes, doença que atinge milhões de pessoas no mundo todo.

5 – Alivia os sintomas da TPM

Outro dos benefícios dessa vitamina diz respeito à absorção do cálcio, mineral responsável por aliviar as dolorosas cólicas menstruais.

Por favorecer o equilíbrio hormonal, a Vitamina D ajuda também a reduzir outros sintomas típicos da TPM, tais como dores de cabeça, mau humor, inchaço etc.

6 – Favorece a saúde dos ossos

Muitas pessoas não sabem desse benefício da vitamina D: Por favorecer a absorção de cálcio, essa vitamina é reconhecida pela sua importância na saúde óssea, contribuindo para o crescimento das crianças, fortalecimento de ossos e dentes e prevenindo a osteoporose.

7 – Faz bem para o coração

Como se não bastassem todos os benefícios já apresentados, essa vitamina consiste numa das principais aliadas da saúde do coração.

O motivo disso é que ela equilibra a pressão arterial, fortalece os músculos do sistema cardíaco e contribui para o bom funcionamento das artérias.

Por também combater o aumento do peso, a Vitamina D está associada ao combate do colesterol ruim (LDL), principal fator de risco quanto à ocorrência de infartos e derrames.

Publicidade
Publicidade

8 – Previne o câncer

Pelo fato de essa vitamina promover o bom funcionamento e renovação das células, ela inibe a ação dos radicais livres responsáveis por causar alterações, diminuindo os riscos de câncer.

9 – Vitamina D evita doenças autoimunes

Como já mencionado, essa vitamina é crucial para a saúde do sistema imunológico. Portanto, quando ela se apresenta em níveis adequados no organismo, é possível prevenir e auxiliar no tratamento das chamadas doenças autoimunes, tais como HIV positivo e Lúpus.

Pacientes diagnosticados com doenças autoimunes devem fazer um controle rigoroso quanto aos níveis dessa vitamina no organismo, evitando graves complicações oriundas principalmente de infecções.

10 – Favorece a saúde hormonal

Tanto nos homens quanto nas mulheres, essa vitamina é responsável por auxiliar o equilíbrio hormonal evitando que o corpo sofra com o excesso ou falta dessas substâncias. As mulheres grávidas que são deficientes em vitamina D parecem estar em maior risco de desenvolver pré-eclâmpsia.

11 – Favorece o humor

Justamente por promover o equilíbrio hormonal e inibir a ação do cortisol – o perigoso hormônio do estresse –, essa vitamina ajuda a combater sintomas relacionados à irritação, cansaço, ansiedade, estresse e até mesmo depressão.

12- Inibe o envelhecimento

Os benefícios dessa vitamina também se estendem para a saúde da pele e dos cabelos, já que pelo fato de ela contribuir para o equilíbrio hormonal e favorecer a absorção de outros nutrientes pelo organismo, automaticamente a pele apresenta um aspecto mais rejuvenescido e os cabelos ficam resistentes à queda.

 

Quais as consequências da deficiência de Vitamina D?

A falta dessa vitamina impacta no corpo e nas emoções, provocando:

  • Desgaste e problemas nos ossos, com aumento do risco de osteoporose;
  • Baixa imunidade, tornando o organismo mais suscetível a uma série de doenças, principalmente infecções;
  • Aumento do risco de diabetes;
  • Obesidade;
  • Aumento do risco de desenvolver Parkinson e Alzheimer;
  • Problemas hormonais (tanto em mulheres quanto em homens);
  • Quadros depressivos;
  • Aumento dos níveis de cortisol (conhecido como o hormônio do estresse);
  • Diminuição do desejo sexual;
  • Dificulta o ganho de massa muscular;
  • Prejudica a elasticidade da pele;
  • Dificuldade quanto ao crescimento (crianças);
  • Problemas de desenvolvimento na puberdade (adolescentes).

Por isso, ao notar alguns desses sintomas é indispensável consultar um médico. Por meio de uma consulta detalhada e exames de sangue, será possível identificar possíveis carências dessa vitamina.

A falta dela pode levar a deformidades ósseas, tais como  o raquitismo infantil. Além disso, também pode ser causador de dor nos ossos, como resultado de uma condição chamada osteomalacia.

A Vitamina D é solúvel em gorduras e é obtida tomando-se sol ou através de dieta (os raios ultravioletas atuam sobre os óleos da pele, produzindo a vitamina, que, em seguida, é absorvida pelo organismo). Quando ingerida oralmente, a vitamina D é absorvida com as gorduras através das paredes intestinais.

Quais as fontes naturais de Vitamina D?

  • Peixes (especialmente sardinha, salmão arenque e atum);
  • Ostras;
  • Fígado bovino;
  • Fígado de galinha;
  • Ovo cozido;
  • Óleo de fígado de bacalhau;
  • Cogumelos maitake;
  • Leite;
  • Manteiga;
  • Iogurte natural;
  • Leite ninho fortificado.

Confira a lista completa de Fontes e Alimentos ricos em vitamina D aqui.

fonte-vitamina-d

O Poder do Sol: Raios solares

Uma das principais fontes de Vitamina D consiste nos raios solares. Por essa razão, os médicos recomendam expor-se a esses raios por 15 minutos todos os dias (sem usar protetor solar) no horário entre 9 da manhã e meio dia. Isso fará com que a pele absorva essa vitamina naturalmente, evitando a deficiência dessa substância no organismo.

As pessoas que vivem em cidades grandes, particularmente em áreas densamente nebulosas, devem aumentar sua dosagem de vitamina D. A nebulosidade reduz os raios do Sol que produzem vitamina D. Depois que o corpo ficou bronzeado, a pele não produz mais vitamina D.

Os trabalhadores noturnos, freiras e pessoas cuja maneira de vestir ou estilo de vida impede-os de tomar sol devem aumentar a quantidade da substância em sua dieta. Além disso, pessoas com peles escuras, como os negros, podem necessitar de suplementação.

Vale ressaltar que após esses 15 minutos de exposição ao sol, o uso do protetor solar continua sendo obrigatório.

Suplementos naturais em cápsulas

Tanto nas farmácias quanto nas lojas de produtos naturais é possível encontrar cápsulas de Vitamina D, tornando o consumo prático e os efeitos mais rápidos.

Dúvidas sobre a falta dessa vitamina?

Sim. Somente um profissional (mediante realização de exames), poderá definir a dosagem ideal e tempo que o paciente deverá ingerir suplementos dessa vitamina, já que o excesso dela pode provocar:

  • Dor de cabeça;
  • Fraqueza;
  • Calcificação óssea;
  • Redução do apetite;
  • Sede intensa;
  • Boca seca;
  • Náuseas e/ou vômito;
  • Diarreia;
  • Ocorrência de pedras nos rins;
  • Sonolência;
  • Depressão.

Todas essas informações demonstram como o equilíbrio dos níveis dessa vitamina é importante para a saúde, sendo necessário realizar exames regularmente (a cada 6 meses) para verificar os níveis dela no sangue.

 

 Dicas Rápidas sobre a vitamina

  • Quem toma medicamento anticonvulsivante provavelmente deve aumentar a ingestão de vitamina D.
  • Deve-se aumentar a dose ingerida pelas crianças que não tomam leite reforçado com vitamina D.
  • As pessoas de pele escura que vivem em climas frios normalmente necessitam de maior quantidade de vitamina D.
  • Pegar um pouco de sol não só melhora o seu humor como também pode reduzir apressão arterial, segundo especialistas. A pressão alta pode causar problemas variados, desde AVC  e infarto, até surdez.
  • Com vitamina D à dieta de seu cão ou gato, a não ser com orientação expressa do veterinário. A vitamina D é mais eficaz quando tomada junto com as vitaminas A, C, colina, cálcio e fósforo.

 

 

Mais informações (em inglês): 1, 2, 3

Leia também:

CONFIRA A COMPLETA DE VITAMINAS

Conheça outras Vitaminas: Vitamina A | Vitamina E | Vitamina C | Vitamina B12

 

 

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Publicidade

Leia também: