Vitamina E – Benefícios, Deficiência, Para que Serve (função) e Comprar

Queridinha dos atletas e esportistas, a Vitamina E é muito requisitada para ajudar a aliviar cãibras e distensão muscular nas pernas. Porém, engana-se que seus benefícios param por aí. Essa vitamina é necessária para a manutenção estrutural e funcional do sistema esquelético, muscular e cardíaco.

A vitamina E consiste em uma das substâncias mais importantes para a saúde do corpo. No entanto, muita gente pergunta quais são os benefícios dela e principalmente como obtê-la. Para saber a resposta a essas e outras perguntas, continue lendo.

vitamina-e

 

Benefícios  da Vitamina E

1 – Previne o câncer

Graças à alta quantidade de antioxidantes presentes nesta vitamina, ela é capaz de neutralizar a ação dos radicais livres (grandes responsáveis pela ocorrência de tumores).

Pelo mesmo motivo, as propriedades dessa vitamina protegem as células contra os efeitos da oxidação, evitando o câncer e uma série de outras doenças.

Publicidade

2 – Emagrece

Pelo fato de essa vitamina favorecer o ganho de massa muscular magra e melhorar a absorção de gorduras boas, ela acaba contribuindo indiretamente para o emagrecimento.

Vale ressaltar que no caso de quem deseja emagrecer, é indispensável adotar um cardápio rico em frutas, verduras, legumes e fibras, além de é claro, dedicar-se a uma atividade física.

3 – Ajuda o metabolismo

Outro dos benefícios quanto a essa vitamina diz respeito ao papel que ela desempenha para melhorar as funções metabólicas, outro item importante para estimular a queima de calorias e ajudar no emagrecimento.

4 – Favorece a pele

Além dos muitos benefícios da vitamina E para o organismo, ela também melhora a saúde da pele, deixando-a melhor hidratada, tonificada e com aspecto jovem.

Além disso, por essa vitamina conter grande quantidade de antioxidantes, ela naturalmente inibe os efeitos naturais do envelhecimento, tais como rugas, linhas de expressão, manchas etc.

5 – Previne doenças cardiovasculares

A vitamina em questão promove a dilatação dos vasos sanguíneos, inibindo o acúmulo de gordura e reduzindo os níveis de colesterol ruim (LDL).

Por esse motivo, as substâncias contidas nessa importante vitamina previnem a formação de coágulos sanguíneos, diminuindo os riscos de AVC – Acidente Vascular Cerebral, tromboses e demais doenças circulatórias.

6 – Melhora a imunidade

Assim como as demais vitaminas, a E exerce um papel primordial nas defesas imunológicas, tornando o organismo resistente à perigosa ação de vírus, bactérias, fungos, parasitas etc.

Publicidade

Desse modo, o consumo desse nutriente é ainda mais importante no caso de recém-nascidos, crianças, idosos e pessoas que sofrem de doenças relacionadas ao sistema imunológico.

7 – Combate inflamações

Exatamente por favorecer o sistema imunológico, essa vitamina faz com que o corpo fique resistente ou responda mais rápido ao tratamento de processos inflamatórios ou infecciosos geralmente oriundos de “brechas” nas defesas naturais do organismo.

8 – Aumenta a saúde óssea

A vitamina E estimula a absorção do cálcio, potássio e demais minerais indispensáveis à saúde dos ossos. Com isso, são evitadas diversas doenças relacionadas ao desgaste muscular ou ósseo, entre elas a osteoporose.

Vale ressaltar que as mulheres, pelo fato de todos os meses perderem grande quantidade de cálcio devido à menstruação, são mais suscetíveis as doenças ósseas.

Portanto, o cuidado com relação à manutenção dos níveis dessa vitamina é ainda mais importante entre a população feminina.

9 – Favorece o ganho de massa muscular

Devido ao fato de essa vitamina melhorar a absorção de minerais e proteger os músculos da ação dos radicais livres, ela naturalmente favorece o ganho de massa muscular, sendo ainda mais indispensável para atletas e pessoas que praticam atividade física com frequência.

10 – Fortalece os cabelos

Além de ser altamente benéfica para a pele, essa vitamina é indispensável para a saúde capilar, contribuindo para a hidratação natural dos fios e evitando a queda.

vitamina-e-cabelo-pele-beneficios

O que a Vitamina E pode fazer pelo seu corpo?

  • Manter seu aspecto jovem, retardando o envelhecimento celular causado pela oxidação.
  • Fornecer oxigênio ao organismo, fazendo com que você se sinta mais resistente.
  • Proteger seus pulmões da poluição atmosférica, associando-se à vitamina A.
  • Prevenir e dissolver coágulos sanguíneos.
  • Aliviara fadiga.
  • Impedir a formação de cicatrizes grossas interna e externamente (quando aplicada topicamente, pois pode ser absorvida através da pele).
  • A vitamina E acelera a cura de queimaduras.
  • Funcionando como diurético, pode baixar a pressão sanguínea.
  • Ajudar na prevenção de abortos.

 

Doenças causadas pela deficiência de vitamina E:

O organismo sempre apresenta sinais quanto à carência de nutrientes e com essa vitamina não é diferente. Portanto, é preciso atenção aos seguintes sintomas:

  • Anemia;
  • Problemas de coordenação motora (relacionados também ao equilíbrio e reflexos);
  • Baixa imunidade;
  • Movimentos anormais nos olhos e problemas de visão;
  • Fraqueza nos músculos;
  • Diminuição da massa muscular;
  • Problemas para caminhar;
  • Cabelos secos e queda capilar;
  • Cãibras (sobretudo nas pernas);
  • Problemas de pele (inclusive dificuldade de cicatrização de cortes ou feridas);
  • Retardo do crescimento (crianças);
  • Doenças no fígado;
  • Diminuição do desejo sexual.

Quanto às possíveis consequências da deficiência dessa vitamina, as principais são:

  • Aumento do risco de doenças cardiovasculares;
  • Problemas neuromusculares (dos simples aos graves);
  • Diminuição das defesas imunológicas, tornando o organismo propenso a infecções, inflamações, viroses etc.

Fatores que podem desencadear a carência dessa vitamina:

  • Problemas no fígado e na vesícula biliar;
  • Fibrose cística;
  • Pancreatite;
  • Má alimentação ou dieta pobre em gorduras boas. Obs.: por esse motivo, a população de países pobres geralmente apresenta maiores percentuais de deficiência quanto a essa vitamina;
  • Recém-nascidos e/ou bebês prematuros;
  • Pessoas que sofrem de doenças autoimunes (HIV, lúpus etc.);

 

Principais Fontes de Vitamina E

No que diz respeito às fontes naturais dessa vitamina, as principais delas são:

  • Vegetais de cor verde escura (principalmente espinafre, aspargos e brócolis);
  • Semente de girassol;
  • Peixes oleosos ( especialmente salmão e sardinha);
  • Abacate;
  • Óleo de gérmen de trigo;
  • Manteiga de amendoim;
  • Óleo de milho;
  • Óleo de soja;
  • Óleo de cártamo;
  • Azeite de oliva;
  • Kiwi;
  • Tomate;
  • Manga;
  • Amora;
  • Nozes e avelãs;

 

Assim, é indispensável inserir esses alimentos no cardápio diário, evitando sobretudo a deficiência dessa vitamina em crianças e idosos, pessoas com organismo naturalmente mais sensível.

 

alimentos-ricos-em-vitamina-e

É preciso consultar um médico?

Sim. Ao apresentar qualquer um dos sintomas relacionados anteriormente, é indispensável buscar orientação médica, já que na maioria das vezes a carência desse nutriente está associada à falta de outras substâncias no organismo.

Quando é o momento de tomar suplementos?

A partir de uma consulta e realização de exames médicos nos quais é diagnosticada a deficiência de vitamina E, é provável que o médico recomende o uso de suplementos, já que a depender do nível de desequilíbrio no organismo, nem sempre a alimentação é suficiente para repor essa vitamina.

Vale ressaltar que somente o médico ou um nutricionista poderá fazer essa recomendação, já que é necessário considerar o quadro geral do paciente e idade, verificando a dosagem ideal e tempo de tratamento em cada caso.

Essas informações demonstram como a vitamina E é imprescindível tanto para a saúde quanto para a beleza, favorecendo o organismo como um todo.

Dicas Rápidas:

Se você está seguindo dieta rica em óleos poli saturados, vai necessitar de doses mais altas de vitamina E.

O ferro inorgânico (sulfato ferroso) destrói a vitamina E, por isso os dois não devem ser tomados juntos. Se você estiver tomando suplemento que contenha sulfato ferroso, a E deve ser ingerida pelo menos oito horas depois ou antes.

Como a vitamina E é solúvel em gordura, o melhor é absorvido quando tomado com uma refeição pouco gordurosas.Siga dietas balanceadas em sua vida e tenha uma vida mais saudável.

Mulheres grávidas ou em período de amamentação, assim como as que tomam pílula anticoncepcional ou hormônios, necessitam maior quantidade de dessa vitamina. Porém, grávidas só devem tomar mediante aprovação médica.

Toxicidade: Essencialmente não tóxica

Inimigos: Calor, oxigênio, temperaturas abaixo de zero, processamento dos alimentos, ferro, cloro, óleo mineral.

Onde comprar?

Esse suplemento pode ser encontrado facilmente em lojas de suplementos esportivos ou de produtos naturais. Além disso, muitas farmácias grandes vendem as cápsulas.

Suplementos vitamínicos:

A vitamina E disponível dissolvida em óleo, em cápsulas ou em comprimidos para dispersão em água.

Normalmente fornecida em dosagens que variam entre 100 Ul e 1.000 UI. A forma seca é recomendada para aqueles que têm intolerâncias ao óleo ou cuja pele é prejudicada pelo óleo (o ideal para quem tem mais de 40 anos).

As doses diárias mais usadas são de 200 Ul a 1.200 Ul.

fontes: NIH, OSU, Weil

Vídeo com Dicas sobre a Vitamina E

 

CONFIRA A LISTA COMPLETA DAS PRINCIPAIS VITAMINAS

Conheça outras Vitaminas: Vitamina A | Vitamina C | Vitamina B12 | Vitamina D

 

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Publicidade

Leia também: