Matcha – Como Preparar e Consumir – Há Contraindicações?

O matcha consiste em um tipo de chá verde em pó com forte tonalidade, originado na China e amplamente utilizado pelos povos orientais, sobretudo os budistas, há mais de 900 anos.

Este chá tem sido cada vez mais conhecido e divulgado no ocidente devido ao seu efeito altamente benéfico para a saúde. Para saber quais são os tratamentos recomendados com este chá, veja nosso post.

 

matcha

Quais doenças são possíveis de tratar com o chá de matcha?

  • Alto índice de colesterol ruim (LDL);
  • Fadiga crônica, já que as substâncias contidas neste chá são estimulantes;
  • Doenças relacionadas à intoxicação do organismo, já que ele é muito eficaz na limpeza dos rins e do fígado, promovendo a saúde do sangue;
  • Por se tratar de um chá com efeito diurético, ele estimula o metabolismo e acelera a queima de gordura;
  • Infecções em geral (causadas por fungos, vírus ou bactérias);
  • Doenças gastrointestinais;
  • Diversos tipos de câncer, sobretudo o de mama, próstata, cólon e bexiga;
  • Enfermidades decorrentes da baixa imunidade ou até mesmo de doenças autoimunes, como o HIV e o Lúpus, por exemplo;
  • Diabetes tipo 2;
  • Efeitos do envelhecimento precoce.

Como preparar o chá de matcha?

Ingredientes

  • ½ colher de chá de pó de matcha;
  • 50ml de água fervida.

Preparo

  • Ferver a água separadamente;
  • Colocar o pó de matcha em uma xícara ou tigela oriental de chá;
  • Despejar a água quente na xícara (ou tigela) onde está o matcha;
  • Mexer rapidamente, diluindo bem o pó para que a água absorva as propriedades dele;
  • Adoçar a gosto (recomenda-se uso moderado de açúcar).

Outras formas de consumir o matcha

Além de ser utilizado no preparo de chá, este pó “sagrado” para os orientais pode ser adicionado no preparo de diversas comidas e bebidas, entre elas:

  • Sucos;
  • Vitaminas;
  • Smoothies;
  • Sobremesas;
  • Bolos;
  • Sorvetes;
  • Molhos;
  • Pães etc.

Qual a quantidade indicada?

A quantidade diária de matcha deve ser definida juntamente com um médico ou nutricionista de acordo com o caso específico de cada paciente. Entretanto, de forma geral, o consumo diário deste pó não deve passar de 20g.

Há contraindicações quanto ao uso do matcha?

Ainda que o matcha forneça inúmeros benefícios para a saúde, o consumo dele não é recomendado nos seguintes casos:

  • Para pessoas que sofrem de insônia (já que ele contém cafeína);
  • Para pessoas que sofrem de ansiedade e síndrome do pânico;
  • Gestantes;
  • Lactantes (mulheres que estão amamentando);
  • Pessoas com pressão arterial muito baixa;
  • Pessoas alérgicas à cafeína;
  • Pessoas que fazem uso de medicamentos ou que possuem qualquer tipo de problema de saúde devem obrigatoriamente consultar um médico antes de iniciar o consumo de matcha.

A alimentação e medicina oriental tem sido cada vez mais visada pelas pessoas que desejam obter muito mais saúde e qualidade de vida por meio da sabedoria milenar desses povos.

Além do consumo do chá e alimentos feitos com matcha, é indispensável adotar uma alimentação mais equilibrada, a prática de exercícios físicos e adquirir o hábito da meditação, promovendo também a saúde mental.

Imagem: chasbrasil.com

 

 


dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Leia também:




Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*