Remédios Caseiros para Depressão- Tratamento Natural

Gengibre-remedios-caseiros-para-depressao-tratamento-natural.jpg

Quando crianças, construímos castelos no ar. Muitas vezes, continuamos a perseguir objetivos impossíveis, teimosamente. Precisamos tomar consciência de nosso real alcance, e não viver ansiosos por grandes consecuções. Podemos e devemos ambicionar metas elevadas, mas não é certo querer agarrá-las a qualquer custo. Nesse artigo falaremos de Remédios Caseiros para Depressão e seu Tratamento Natural.

O bem-estar mental transformar qualquer “boa meta” em obsessão doentia.
O melhor meio de ir avante é dar passos seguros e calmos. 0 risco de glicemia têm efeito notável sobre o humor. Uma das primeiras providências dietéticas, portanto, é substituir o açúcar por frutas e um pouco de mel.

Quantidades exageradas de sacarose (açúcar refinado) momentaneamente produzem sensação de “bem-estar”, mas depois geram desconforto.
Excesso de gordura e proteína também congestiona o metabolismo e pode afetar indiretamente o cérebro.
Recomenda-se evitar carnes gordas, frituras, café, alimentos gordurosos, guloseimas, doces, bebidas e lanches ligeiros. Adotar dieta frugal e saudável. Mastigar bem. Comer com prazer coisas saudáveis. Comer pensando no benefício do alimento.
O uso de suplementos vitamínico minerais é recomendável. Levedura de cerveja, na dose de até quinze comprimidos de 5OOmg por dia (cinco em cada refeição) pode ser particularmente útil. A geleia real é muito benéfica. Usar de 2 a 49 por dia.
A L-tirosina, um aminoácido, associada à piridoxina, ou vitamina B6, permite ao cérebro sintetizar noradrenalina, hormônio que produz bom-humor e motivação.

Estudiosos sugerem 1 comprimido, de manhã, em jejum, de 1 000mg de L-tirosina. Meio hora depois, 1 comprimido de complexo B. O triptofano também é indicado. Só utilizar sob permissão médica.

Publicidade
Publicidade

Dicas de Remédios naturais

  • Alecrim – Usado contra as dores de cabeça de origem nervosa, também é útil na depressão. Tomar o infuso das folhas e flores, duas a três xícaras ao dia. A propósito, numa publicação de 1550 (antigo como a colonização das Américas!), o Lytel Herball, lemos o seguinte a respeito dessa erva: “Coloque as flores num pano de linho, fervendo-as em água limpa; deixe esfriar e beba, pois ela é excelente contra todos os males do organismo.”
  • Catuaba – Age como tônico e afrodisíaco. Não usar em excesso. Não recomendado para pessoas “elétricas”, mas para as desanimadas e depriresvalar é tanto superior quanto maior for a pressa.

Problemas orgânicos afetando a mente

Pesquisas comprovam a íntima associação entre processos mentais e físicos. Somam-se evidências cada vez mais claras de que nossas doenças podem em significativa parte ser produzidos por nossa cabeça, e que a saúde do corpo pode também afetar sensivelmente os processos mentais. Trata-se de relação recíproca.
Acreditam os estudiosos do naturismo que os grandes transgressores das leis da saúde podem mais facilmente desenvolver neuroses como a depressão. O uso e o abuso de açúcar seriam uma das causas.

Alimentação e depressão

Acredita-se que a alimentação pode contribuir para o aparecimento da depressão. Também pode fazer o contrário, ajudando a superá-la.

Como? Há excessos e deficiências na dieta que desequilibram o organismo, afetam seus humores e interferem na química cerebral.
Excesso de açúcar, por exemplo, provoca aumento e depois queda na nhiremin Constantes flutuarões na
Os suplementos nutricionais são úteis em muitos casos, mas a indicação e a dosagem individual devem ser estabelecidas por uni profissional especializado.

  • midas. Uma xícara ao dia, pela manhã. Uma colher, das de chá, da planta para uma xícara de água. Ferver e filtrar.
  • Ginseng – Age como estimulante do sistema nervoso. A dosagem tradicional vem impressa no rótulo.
  • Alfafa – Uma colher, das de sopa, da planta seca para duas xícaras de água. Ferver e filtrar. Duas xícaras ao dia.
    Em caso de sonolência, indicam-se estimulantes, alguns dos quais já mencionados, como catuaba, alfavaca, cravo, bardana, angélica e hortelã.
  • Havendo insônia, indicam-se fifoterápicos calmantes como casca de maçã, alfazema, camomila, erva-cidreira-verdadeira e mulungu. Os calmantes devem ser usados em dose pequena. Não mais que uma colher, das de chá, da mistura de plantas para cada xícara de água, por infusão (derramar água fervente sobre as plantas). Tomar uma ou duas xícaras por dia, aos goles. Um programa aplicável pode ser o seguinte: no período da manhã, tomar duas vezes a mistura de duas plantas estimulantes, e no período da tarde, a mistura de duas plantas calmantes. A cada dez dias trocar as plantas.
  • Segundo indicação de herboristas, as seguintes plantas, juntas, estimulam o funcionamento do cérebro e melhoram a capacidade de concentração:
  • Alecrim – Folhas, três partes.
  • Gengibre – Uma parte.
  • Botão-de-ouro (hidraste) – Raiz em pó, uma parte.
  • Pimenta-de-caiena – Pó, uma parte.
  • Salva – Folhas, três partes.
    Como preparar: Totalizam-se nove partes. Cada parte corresponde a meia colher, das de chá, para 250m1 de água fervente, que deve ser derramada sobre as ervas. Tomar ao longo do dia, divididos em três pequenas doses.
  • Outro famoso tônico cerebral é indicado por herboristas para acalmar a
    mente e promover a harmonia mental. A dosagem tradicional é a seguinte:
  • Alecrim – Folhas, quatro partes.
  • Botão-de-ouro (hidraste) – Raiz em pó, uma parte.
  • Coifa (.Scutellaria lateriflora) – Pó, três partes.
  • Salva – Folhas, duas partes.
  • Valeriana – Raiz em pó, uma parte.

Como preparar:

Totalizam-se onze partes. Cada parte corresponde a meia colher, das de chá, para 250m1 de água fervente, que deve ser derramada sobre as ervas. Tomar ao longo do dia, divididos em três pequenas doses.

* As plantas aqui citadas são empregadas por clínicas naturalistas ou medicinas tradicionais, e as doses são também tradicionais.

Nesse artigo falamos de Remédios Caseiros para Depressão- Tratamento Natural.

Imagem- bolsademulher

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Publicidade

Leia também:


Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


cinco × 2 =