Remédios Caseiros para Flatulência- Tratamento Natural

“Sinto-me como um balão” – é queixa comum. Muitos não entendem como é possível formar-se tanto gás no seu aparelho digestivo. A solução às vezes é tão simples, que muitos não acreditariam: o problema pode residir na má mastigação (você pode até pensar que mastiga bem, mas não mastiga). Combinações impróprias, excesso de comida, fermentações e uso de alimentos inadequados, como açúcar, produtos gordurosos e guloseimas, são outra causa comum. Nesse artigo falaremos sobre Remédios Caseiros para Flatulência- Tratamento Natural.

Que é flatulência?

Excesso de ar ou gases no aparelho digestivo. Esse acúmulo de gás pode resultar da deglutição de ar ou processos fermentativos associados à má digestão.

As vezes o acúmulo de gases é tão grande que provoca distensão e dor abdominal, simulando mesmo problemas respiratórios e cardíacos. O excesso de gases produz mal-estar, dores, cólicas, indisposição, irritabilidade e tontura.

Causas

Uso de alimentos impróprios, excesso de comida, ansiedade, má combinação entre alimentos, certos distúrbios digestivos, parasitoses e má mastigação são as principais causas de flatulência.
Fibra cedas pessoas, o leite e os derivados são particularmente contra-indicados. Fermentam e produzem gases. Para outras, as leguminosas são verdadeiro terror digestivo: feijão, ervilha, amendoim etc.

Publicidade

O estresse, que afeta a tranquilidade até na hora de comer, é fator de flatulência. O uso de bebidas gasosas com as refeições é causa de formação de gases. Outros vilões são o açúcar e as gorduras.

No caso de bebês, a deglutição de ar é fator de acúmulo de gases. Jamais administrar-lhes açúcar. E perfeitamente possível acostumá-los sem esse grande inimigo do nutrição. Ensiná-los desde cedo a comer devagar, mastigando bem. Crianças que não toleram bem o leite de vaca poderão aceitar melhor o leite de cabra.

Popularmente, diz-se que a mãe que tem gases poderá passar essa tendência ao bebê que amamenta. Não há comprovação científica para isso mas, na prática, sugere-se tratar também a mãe, se ela sofre de flatulência.
Os procedimentos são os mesmos indicados em digestão.

Conselhos:

1. Diminuir a quantidade de comida e mastigar completamente os alimentos. Isso é diferente de mastigar bem. E preciso comer devagar, com calma, e mastigar tão completamente que os alimentos se transformem em “água” na
boca (“beber os sólidos e comer os líquidos”, como dizem os orientais). Levando isso a sério, você colherá resultados surpreendentes.

2. Só comer alimentos saudáveis, num plano de alimentação correta.

3. Desintoxicar periodicamente o organismo. Ver orientações ministradas em digestão, perturbações da.

4. Averiguar a existência de parasitoses e tratá-las.

5. Substituir por vários dias ou semanas uma ou duas refeições por frutas cruas como mamão e maçã (usar só fruta). Por si só, essa simples providência vem ajudando muitas pessoas a se libertarem do incômodo da flatulência. Repetir periodicamente esse procedimento.

Publicidade

remedios-caseiros-para-flatulencia-tratamento-natural

 

Plantas que ajudam contra os Gases:

• Alfavaca – Infuso das folhas, tomado aos goles: Derramar duas xícaras de água fervente sobre uma colher das de sopa da erva picada.

• Camomila – Infuso das flores frescas. Derramar duas xícaras de água fervente sobre uma colher, das de sopa, da erva picada. Tomar aos goles, ao longo do dia.

• Cominho – Infuso das sementes. Derramar duas xícaras de água fervente sobre uma colher, dos de sopa, da erva picada. Tomar aos goles, ao longo do dia.

• Erva-doce – Infuso das sementes. Derramar duas xícaras de água fervente sobre uma colher, das de sopa, da erva picada. Tomar aos goles, ao longo do dia.

• Louro – Decocto das folhas. Ferver duas folhinhas em 250m1 de água. Tomar aos goles, ao longo do dia.

• Manjerona – Infuso das folhas. Derramar duas xícaras de água fervente sobre uma colher, das de sopa, da erva picada. Tomar aos goles, ao longo do dia.

• Mil-folhas: Consagrada há tempo como remédio eficaz no combate a fermentações digestivas e gases. Tomar o infuso das folhas e flores (20g para um litro de água), duas a três xícaras ao dia. Derramar 500m1 de água fervente sobre duas colheres, das de sopa, da planta picada. Tomar aos goles, ao longo do dia.

• Poejo – Decocto das folhas. Ferver uma colher, das de sopa, da erva em 300m1 de água. Tomar aos goles, ao longo do dia.

Aplicação de argila e banhos

Cataplasmas frias de argila, duos horas por dia, são muito úteis no combate aos gases. Indica-se também o banho de tronco, pelo menos um diário, durante várias semanas.

Exercícios físicos

Exercícios físicos regulares, devidamente orientados, são muito úteis na prevenção e eliminação do excesso de gases, pois favorecem a digestão. Pratique também exercícios respiratórios.

A importância soberana da mastigação completa

Aos quarenta anos, 1-lorácio, médico e escritor famoso, era obeso e muito doente. Doente a ponto de lhe recusarem o seguro de saúde. Sentia-se permanentemente cansado, sofria de má digestão e vivia gripado.

Louro (Laurus riobilis).

É tradicionalmente indicado para combater dispepsia.
Modo de usar: preparar o chá com as folhas (2 folhas para cada xícara de água). Tomam-se de 2 a 3 xícaras.   Foi estudado cuidosamente a alimentação e, depois de anos de reflexão, estabeleceu-se um método, hoje conhecido por Fletcherismo, cuja base é só comer alimentos saudáveis, mastigar muito bem e praticar exercícios físicos.
Isso simplesmente mantendo o corpo livre do excesso de alimentos e da putrefação de alimentos que o corpo não deseja e não pode assimilar.

Os leitores que experimentarem esse método com perseverança, com certeza terão o mesmo progresso que as outras pessoas já satisfeitas.

Gostou das dicas de Remédios Caseiros para Flatulência? Compartilhe!

Imagem-  revistavivasaude.uol

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Publicidade

Leia também:


Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*