Como é a Cirurgia Pulmonar e quais os procedimentos

como-e-cirurgia-pulmonar-e-quais-os-procedimentos

A difusão da cirurgia pulmonar permitiu, nos últimos anos, um conhecimento mais profundo da anatomia dos pulmões; cada lobo, por exemplo, é subdividido em partes independentes entre si, chamadas segmentos pulmonares ou lóbulos.

Nesse artigo falaremos Como é a Cirurgia Pulmonar e quais os procedimentos.

Como são autônomos, os segmentos também podem ser retirados separadamente (segmentectomia), sem comprometer o funcionamento do pulmão. Em geral, existem dez segmentos no pulmão direito e oito no esquerdo.

Como é a Cirurgia Pulmonar e quais os procedimentos

Como os tumores são lidados

Dentre as doenças pulmonares que podem exigir cirurgia para sua cura estão os tumores – principalmente os cancerosos -, a tuberculose, a bronquiectasia, os abscessos e os cistos.

Publicidade

Nos tumores benignos, circunscritos e sem tendência à disseminação, a cirurgia leva à cura apenas com a retirada do tumor.

Nos casos de câncer, porém, a decisão de operar depende exclusivamente do diagnóstico precoce. Só nesses casos é que a retirada do tumor ou do órgão atingido pode garantir o êxito da operação.

Toracoplastia  e resseção pulmonar

A toracoplastia e a resseção pulmonar são os dois tipos principais de intervenção cirúrgica em certos casos de tuberculose.

Na toracoplastia, o cirurgião retira um certo número de costelas, de acordo com a extensão da lesão, deixando a pleura sem o seu suporte natural.

O descolamento da pleura provoca um esvaziamento do pulmão, circunscrevendo o processo tuberculoso e impedindo que a enfermidade se desenvolva.

A ressecção pulmonar consiste na remoção de uma parte do pulmão ou, nos casos mais graves, de um pulmão inteiro.

O tratamento da bronquieciasla só é possível por meio da cirurgia, indicada apenas quando ocorrem infecções frequentes ou quando aparecem outros sintomas – escarro com sangue e tosse persistente.

E, pelo que se constatou até o presente, a cirurgia só é eficaz nos casos em que apenas uma pequena parte de um ou dos dois pulmões se encontra lesada pela moléstia.

Publicidade

A cirurgia pulmonar é indicada também nos abscessos do pulmão, que resultam às vezes de processos infecciosos pulmonares, como as pneumonias.

Os cistos são cavidades que resultam da ausência de alvéolos em cenas áreas dos pulmões.

Essas cavidades precisam ser removidas cirurgicamente, porque, quando crescem, acabam prejudicando a ventilação pulmonar.

Essa é uma das formas de Como é a Cirurgia Pulmonar e quais os procedimentos.

CUIDADOS PRÉ-CIRÚRGICOS

Antes da intervenção, o cirurgião precisa conhecer a localização e a extensão exata das lesões, por meio das radiografias comuns e da planigralia.

Essa técnica consiste na tomada de várias chapas, feitas em série, obtendo-se uma visão de vários planos do pulmão em profundidade.

A introdução de uma substância opaca nos brônquios permite uma visualiza são quase perfeita de suas ramificações através dos raios X (broncografia), sendo possível localizar as deformações e corta as na árvore brônquica.

Essas alterações são devidas à com pressão exercida pelas formações anormais descritas.

Um outro dado que o cirurgião não pode ignorar é a natureza da lesão. É também regra geral da cirurgia que, quando se deva retirar um órgão par, seja feito um teste de bi nacionalidade do outro órgão.

É o caso dos rins e dos pulmões. De maneira geral, os testes de funcionalidade dos pulmões consistem na chamada prova ventilaria, para saber se o paciente. Portará a intervenção.

Nos casos em que é necessária a resseção de um pulmão inteiro, costuma-se fazer um estudo das funções de cada pulmão em separado.

Nesse artigo falamos sobre Como é a Cirurgia Pulmonar e quais os procedimentos.

Imagem- ortobahia.com.br

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Publicidade

Leia também:


Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*