Como se proteger do Sol e da Insolação

Algumas vezes o tempo está simplesmente muito quente. O calor extremo, especialmente quando associado com muito esforço físico, pode pressionar muito o corpo. Nesse artigo falaremos Como se proteger do sol e da insolação.

Ocasionalmente, chega até a fazer com que o hipotálamo se descontrole e confunda todo o sistema de controle de temperatura do corpo.

Então, você começa a se incomodar com o suor excessivo no rosto, cabeça e axilas. Mas afinal, Como se proteger do sol e da insolação?

O hipotálamo é uma parte do cérebro do tamanho de uma cereja, que serve como o termostato do corpo.

Publicidade

Graças ao hipotálamo, o corpo ativa seus reguladores de temperatura, como suar ou tiritar, para proteger-nos de calor ou frios extremos.

No entanto, quando o hipotálamo não pode produzir as respostas desejadas para evitar que o organismo se superaqueça, o resultado pode ser uma doença provocada pelo calor.

Há uma progressão de sintomas associada com a doença provocada pelo calor. Pode começar com cãibras provocadas pelo calor nas coxas e nas nádegas, em seguida passar para dor de cabeça e tonturas.

Em casos extremos, pode ter vômitos, perda dos sentidos, uma queda perigosa da pressão arterial, e inclusive a morte.

Os sintomas de suor pelo calor—dor de cabeça, náusea, sudação intensa, fadiga, e sensação de desmaio—são consideradas de grau médio.

Publicidade

Em outras palavras, você não está muito bem, mas não está tão mal como alguém com insolação, o que se considera como a mais séria e a mais perigosa doença para a vida das doenças, produzida pelo calor.

No entanto, o suor pelo calor é algo que não se deve considerar como de pouca importância.

“É o primeiro passo do caminho que leva à insolação. Se você tem insolação, o hipotálamo deixa de atuar. Aí é como o caso de alguém que entra em choque.

Como se proteger do Sol e da Insolação

Abasteça-se com água

Recomenda-se beber 480 ml de água antes de começar alguma atividade ao sol. “Abastecer-se dá mais capacidade para suar.

Não espere sentir sede

Esperar até que tenha sede é desafiar o perigo. Quando o mecanismo da sede se ativa, já é muito tarde. Beba muita água antes, durante, e depois da atividade, sinta ou não sede.

Recomenda beber de 150 a 240 ml de água cada 15 a 20 minutos durante a atividade, ou por todo o tempo em que estiver suando bastante.

Verifique seu peso

É fácil você supor que tenha satisfeita sua necessidade de água quando seu corpo na realidade está ainda desidratado.

Uma maneira de se certificar de que a água que seu corpo perdeu em forma de suor foi substituída é pesar-se antes e depois de uma atividade.

Qualquer diferença no peso representa a água perdida—água que necessita ser reposta.

Verificar o peso é uma ótima dorma de se proteger do Sol e da Insolação.

Que seja fresca, mas não gelada

Mesmo que você possa estar desejando beber água gelada, para você é melhor tomar água que esteja somente fresca. Se está realmente gelada, inibe a digestão gástrica do líquido.

Em outras palavras, seu organismo não poderá usar a água rapidamente para satisfazer suas necessidades, inclusive manter o volume de sangue.

Recorra a distância com uma bebida esportiva

Se você está planejando participar de algum evento atlético de resistência ou de distância, como uma corrida de maratona ou uma corrida de bicicletas de grande distância, uma bebida esportiva como Gatorade pode ser uma melhor alternativa que a água pura.

Essas bebidas contém algumas calorias, e um pouco de potássio e sódio.No entanto, necessitará diluí-la com água para facilitar sua digestão. Se for uma bebida que se vende ao público, deve ser diluída, quanto mais diluída melhor.

Certos ingredientes das bebidas comerciais causam inibição do esvaziamento estomacal. Em sua forma diluída, estas bebidas são preferíveis à água para eventos que duram duas ou mais horas.

Descanse com frequência

Se você tem que trabalhar ou realizar alguma outra atividade no calor, evite problemas sérios descansando com frequência—preferivelmente que incluam uma bebida fresca—em um lugar fresco.

Descansar sempre que possível é uma ótima forma de se proteger do Sol e da Insolação.

Não se faça de herói

Os atletas ou trabalhadores que estão fazendo um grande esforço no calor nunca devem tentar continuar com a atividade se sentem os primeiros sintomas da doença provocada pelo calor.

Se a pessoa continua fazendo exercício nessas condições, então o corpo passará a apresentar uma condição parecida com insolação, e isso é uma emergência médica.

Se você está participando de um evento atlético, marchando com uma banda, ou trabalhando no calor, descanse ao perceber os sintomas.

Se você chegar ao ponto de ficar zonzo e com náusea e sentindo que vai desmaiar, você deve retirar-se do evento. Foque em Como se proteger do sol e da insolação.

 como-se-proteger-do-sol-e-da-insolacao

Não se confunda

Os sintomas de suor por calor algumas vezes podem confundir a as vítimas que acreditam ser um caso de gripe.

Se os que parecem sintomas de gripe como náusea, dor de cabeça, e fraqueza, coincide com o excesso de exposição ao sol, seguramente não é a gripe. Livre-se do sol e comece a repor os líquidos.

Fique na sombra

Livrar-se da exposição direta ao sol e vá para um lugar mais fresco, como a um prédio com ar condicionado, isto pode trazer alivio baixando a temperatura central do corpo;

Ficar na sombra é um ótimo jeito de se proteger do Sol e da Insolação.

 

 

Permaneça deitado

Se começar a sentir sintomas da doença provocada pelo calor, deite-se com os pés para cima. Se for possível, faça-o em um lugar fresco.

Use gelo com cuidado

Os primeiros sintomas da doença provocada pelo calor, como câimbras musculares, podem ser aliviados aplicando gelo aos músculos.

Os Sintomas Galopantes da Doença provocada pelo Calor

As coisas podem ir de mal a pior rapidamente, com a doença provocada pelo calor.

Quando a pessoa progride até sintomas de insolação, a situação se torna um assunto de vida ou morte.

Imediatamente deve-se procurar atenção médica. Até que chegue a ajuda, deve-se manter a vítima arejada, abanando-a e colocando nela água fria, com uma esponja.

Durante a insolação, o mecanismo regulador da temperatura do corpo, o hipotálamo, deixa de funcionar.

A temperatura central do corpo sobe a um nível perigoso. A pressão arterial baixa, e pode ocorrer uma queda em coma.

Se não começar imediatamente a atenção médica, a vítima pode vir a morrer.

Não há maneiras de adivinhar em que ponto um caso de suor pelo calor pode avançar a uma condição potencialmente fatal.

Cada caso de suor por calor deve ser visto como quem tem o potencial de progredir para a insolação.

Mesmo os sintomas mais tênues da doença provocada pelo calor não devem ser deixados de lado. Estes sintomas tem a tendência de galopar a uma condição mais crítica sem dar aviso nem por um momento.

Portanto, desde o primeiro indício da doença provocada pelo calor ,livre-se do calor e cuide-se antes de que seja muito tarde.

Colocar bolsas de gelo sobre os músculos maiores também ajuda a refrescar a temperatura central do corpo.

Mas ele previne que um esfriamento rápido demais pode piorar a condição da pessoa, e inclusive pode contribuir com que sofra um choque.

Abane-se

O ar que sopra contra a pele ajuda a dissipar o calor. Ligue um ventilador ou abane-se com um jornal, um prato de papelão, ou com qualquer coisa que tenha à mão.

No entanto, isso somente será eficaz se o ar estiver relativamente fresco. Não ajuda muito ventilar ar quente para alguém que tenha uma doença provocada pelo calor.

Use roupas frescas

O tipo de tecidos e a maneira como você se veste são fatores que determinam a maneira como o calor vai afetá-lo.

A roupa de algodão folgada é a melhor solução para um dia de calor. O algodão é um material arejado que respira e que permite ao corpo dissipar melhor o calor.

Use cores claras

Use roupa de cores claras. As cores escuras absorvem o calor. Não tire a roupa. Andar sem camisa pode ser mais fresco, mas ficará mais quente do que se tivesse com uma camisa leve e folgada.

Usar uma camisa ajuda a absorver o suor e a tirar o calor da pele. Se você não usar uma camisa, seu corpo não poderá desfazer-se tão eficientemente do calor.

Somente diga não

Diga não ao álcool, especialmente antes de ter que fazer um grande esforço no calor.

Provavelmente, você estará desidratado depois de um consumo moderado de álcool. A desidratação é um fator que predispõe ao suor pelo calor.

Evite as pastilhas de sal

Pelo fato de se perder sódio no suor, é uma prática comum oferecer tabletes de sal aos atletas e a outros indivíduos que façam um grande esforço no calor.

No entanto, na maior parte das vezes, esta prática não é uma boa ideia. Isto se deve ao fato de que quando você está muito quente e suando, perde muita água, mas somente quantidades pequenas de sal.

As pastilhas de sal não repõem nada da perda de água, e você provavelmente perde um litro por hora durante um exercício vigoroso.

Tomar as pastilhas de sal, na realidade pode aumentar o nível de sódio no sangue, o que causa mais mal-estar. Você pode facilmente compensar o sal perdido no suor colocando sal em sua comida.

Ambiente-se

Se você sabe que vai trabalhar ou participar de algum evento esportivo no calor, trate de fazer com que seu corpo se acostume às condições, e dessa maneira poderá produzir suor de maneira mais eficiente.

Se você é um triatleta e quer participar da competição Hawaii Ironman, seria bom chegar duas ou três semanas antes do evento para treinar.

Perca peso

As pessoas obesas são mais suscetíveis à doença por calor. Quanto maior você é, mais calor irá produzir.

Conheça seus remédios

Vários remédios comuns, incluindo o propranolol, podem mascarar os sintomas de suor pelo calor ou torná-lo mais suscetível a eles.

Pergunte a seu médico ou farmacêutico se algum dos remédios que está tomando ter este efeito e que precauções tomar.

Proteja seus filhos

As crianças são propensas à doença provocada pelo calor porque não suam tanto como os adultos.

Portanto, deveriam limitar seus jogos no sol e beber muita água. As crianças correm riscos maiores se já estiverem desidratados por alguma doença recente que inclua vômitos e diarreia.

Publicidade

Nesse artigo falamos Como se proteger do sol e da insolação.

Imagem- luanatoledo.com

Assuntos Interessantes:

 

Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


2 × 1 =