Crises de Enxaqueca – Causas Emocionais, Estresse e Físicas

Crises de enxaqueca, doença manifesta em frequentes e insuportáveis dores de cabeça que desaparecem por um período mais ou menos longo, mas sempre voltam atormentadoras, indica, para os naturistas, que a corpo precisa de desintoxicação, e a mente, de repouso e equilíbrio.

sensibilidade aumentada à luz, a certos alimentos, a odores ou barulho Ultima mente vêm sendo incluídas entre as prováveis disritmias cerebrais e epileptiformes.

crises-de-enxaqueca

Causas da Crises de Enxaqueca

Acredita-se que a enxaqueca ataque principalmente pessoas que sejam geneticamente predispostas. Ocorre a partir da puberdade e é mais comum em mulheres.

As crises são às vezes prenunciadas por distúrbios visuais, como “estrelinhas”, “clarões”, “riscos”, sensibilidade à luz etc. (chamados “aura”).

Publicidade

Atinge, em alguns casos, só um dos lados da cabeça (razão por que alguns especialistas a chamam de hemicrania), e vem na forma de dor latejante ou pulsátil, que pode incomodar os adultos por um período de 3 a 72 horas.

Não raro há vômitos, intolerância à luz e ao barulho. Acredita-se que a enxaqueca seja resultado de espasmo seguido de dilatação dos ramos cranianos da artéria carótida externa.

Costuma aparecer na adolescência ou início da idade madura, para sumir na menopausa. A teoria da hereditariedade baseia-se no fato de que, em certas famílias, as crises de enxaquecas são particularmente comum.

As causas, ainda não bem conhecidas, são, possivelmente: estresse emocional, falta ou excesso de sono, falta ou excesso de comida (jejum prolongado), reação alérgica, cigarro, pílula (anticoncepcional), desequilíbrios hormonas, causas, doenças.

Fatores que disparam as crises

A crise de enxaqueca pode começar, em pessoas sensíveis, depois de uma crise emocional, esforço físico ou mental exagerado, concentração visual (muito tempo de trabalho ao computador ou assistindo TV).

Publicidade

Certos cheiros ou perfumes fortes, produtos químicos, fumaça e poluentes representam, para muitas pessoas, o começo do tormento.

Para muitas mulheres, o começo da crise pode coincidir com a vinda da menstruação ou o período da evolução. Certos alimentos são a causa deflagradora para muitos pacientes.

Mudanças de clima são às vezes relatadas como deflagradoras de enxaqueca.

Conhecer esse fatores é ótimo para evitar a enxaqueca, suas Causas e Sintomas.

Tipos de personalidade e enxaqueca

Estudiosos do comportamento humano afirmam que o tipo de personalidade influi na manifestação de crises de enxaqueca.

Pessoas exigentes, perfeccionistas, obcecadas pelo trabalho, que não se permitem descanso sem que antes tenham cumprido certas tarefas pré-fixadas (na maioria das vezes, por elas mesmas), são particularmente sujeitas.

Depois que terminam a tarefa ou escapam à tensão, saem bruscamente de uma situação de intensa concentração para outra de grande alívio ou relaxamento.

E então que vem a enxaqueca. Os músculos da cabeça e do pescoço, quando tensos, “apertam” as artérias. Quando a pessoa relaxa subitamente, os músculos, antes tensos, se expandem, dilatando os vasos sanguíneos, e desencadeando a enxaqueca.

A medida que o coração bate, aumenta o volume de sangue no local, e a dilatação vai se intensificando, com tremenda dor pulsátil.

O melhor que se pode recomendar nesses casos é que se termine uma tarefa aos poucos (trabalhar um pouco, e relaxar um pouco), nunca abruptamente.

Se você é vítima desse tipo de enxaqueca, nunca se deve permitir chegar ao extremo do cansaço. Deve intercalar o trabalho com pausa para descanso e respiração profunda.

Nesse artigo falamos sobre as causas das crises de enxaqueca. leia também:

Publicidade

7 Remédios Caseiros para Enxaqueca – Tratamento Natural

 

Assuntos Interessantes:

 

Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


19 − um =