Frequência Cardíaca Normal – Como Mantê-la?

Manter a frequência cardíaca normal é o grande desafio de inúmeras pessoas que sofrem de problemas cardíacos ou até mesmo aquelas que passam por períodos de estresse muito intenso.

Para saber quais as causas que geralmente ocasionam a frequência cardíaca fora do normal e acima de tudo, o que fazer para tratar esse problema, confira nosso post.

 

Frequência cardíaca normal

O que prejudica a frequência cardíaca normal?

De forma geral, os principais fatores responsáveis por provocar o aumento da frequência cardíaca, são:

  • Ocorrência da hipertensão (doença que eleva a frequência dos batimentos do coração);
  • Problemas circulatórios em decorrência de doenças cardíacas, tais como: aterosclerose, insuficiência cardíaca, cardiomiopatia (enfermidade no músculo cardíaco), tumores ou infecções;
  • Doenças relacionadas aos distúrbios da tireoide;
  • Doenças no pulmão;
  • Desequilíbrio quanto aos níveis de eletrólitos no organismo, ocasionado pelo excesso de drogas e álcool;
  • Consumo excessivo de bebidas estimulantes;
  • Estresse emocional intenso.

O que fazer para manter a frequência cardíaca normal?

O primeiro passo para estabilizar a frequência cardíaca é identificar a causa do problema que, como vimos anteriormente, pode ser várias.

Publicidade

Desse modo, é imprescindível consultar um cardiologista e fazer uma série de exames clínicos e laboratoriais, chegando a um diagnóstico preciso.

Dicas de como manter a frequência cardíaca normal

Independentemente da causa do problema e também para quem deseja prevenir possíveis alterações nos batimentos cardíacos, é indispensável seguir as dicas abaixo:

Diminuir o consumo de sódio

O consumo excessivo de sódio (contido sobretudo no sal) é o grande vilão da saúde do coração. Por este motivo, recomenda-se diminuir drasticamente o consumo dessa substância, evitando também alimentos embutidos ou industrializados (que contém altas doses de sódio).

Também é muito válido substituir o sal refinado convencional pelo sal do himalaia ou sal marinho, já que eles são mais saudáveis.

Abandonar o cigarro

No caso dos fumantes, outra medida urgente a ser tomada para manter uma frequência cardíaca saudável, trata-se de abandonar de vez o cigarro, já que não é novidade que ele contém uma infinidade de substâncias altamente prejudiciais.

Reduzir o consumo de álcool

Para ter um coração saudável, é indispensável evitar ao máximo o consumo de álcool, já que essa substância interfere de forma perigosa na corrente sanguínea, aumentando os batimentos.

Evitar bebidas e comidas estimulantes

Evitar bebidas muito estimulantes, tais como energéticos, café etc e comidas muito apimentadas é essencial para evitar que os batimentos cardíacos sejam elevados.

Fazer terapias de relaxamento

Sobretudo no caso de pessoas que sofrem de estresse emocional e até mesmo para aquelas que desejam aprender a lidar melhor com as emoções, é muito interessante recorrer às terapias de relaxamento.

Publicidade

Isso consiste em participar de sessões de yoga, meditação, aromoterapia, reiki etc, buscando o equilíbrio mental que imediatamente contribui para a saúde do organismo como um todo.

A saúde integral é composta tanto pelos aspectos físicos quanto mentais e psicológicos. Por esta razão, para manter a frequência cardíaca normal é fundamental trabalhar corpo e mente, ou seja, contar com medicamentos e também com técnicas que favoreçam a sensação de bem-estar psicológico.

Imagem: oswaldocruz.com

 

 

 

dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Publicidade

Leia também:


Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*