Histerectomia – O que é e Como se Recuperar?

A histerectomia consiste no termo médico utilizado para definir o procedimento cirúrgico de remoção da totalidade ou de parte do útero, feito por meio da vagina ou do abdômen.

Esta cirurgia é indicada apenas quando os tratamentos medicamentosos não surtem o efeito desejado. Dessa forma, ela deverá ser feita somente em situações consideradas mais graves, tais como:

  • Miomas uterinos;
  • Câncer de colo do útero;
  • Câncer nos ovários;
  • Hemorragias constantes;
  • Endometriose em estágio grave;
  • Prolapso uterino (quando os músculos da região pélvica não conseguem sustentar o útero).

 

histerectomia

Como fazer para recuperar-se da histerectomia?

A dúvida de muitas mulheres que necessitam fazer este procedimento consiste em saber quais as melhores maneiras de se recuperar dessa cirurgia, fazendo com que o organismo retome seu equilíbrio habitual. Para que isso ocorra, é indispensável seguir os cuidados abaixo:

  • Manter repouso por um período de 3 meses, abstendo-se de pegar peso, evitar praticar atividades físicas ou até mesmo movimentos bruscos;
  • Não ter relações sexuais de acordo com o período estipulado pelo ginecologista;
  • No decorrer do dia, fazer breves caminhadas em casa, evitando ficar muito tempo deitada ou sentada;
  • Buscar manter uma alimentação mais leve e nutritiva, fator essencial para auxiliar na recuperação.

Manter esses cuidados após a realização da histerectomia, sobretudo nos primeiros dias, é indispensável para evitar hemorragias, complicações na circulação sanguínea (tromboses) e até mesmo evitar problemas na bexiga, rins e intestino.

Outras recomendações médicas

Além das orientações mencionadas acima, após a histerectomia os ginecologistas prescrevem antibióticos, anti-inflamatórios e analgésicos com o objetivo de aliviar as dores e inibir os riscos de inflamações/infecções.

É importante enfatizar que nos primeiros dias depois da realização dessa cirurgia é normal ocorrer pequenos sangramentos vaginais. Entretanto, ao mínimo sinal de irregularidade, deve-se consultar o médico responsável pelo tratamento.

Sintomas pós-cirúrgicos a serem observados

Para evitar complicações após a cirurgia, é indispensável que as mulheres estejam bastante atentas quanto ao aparecimento dos seguintes sintomas:

  • Náuseas e/ou vômitos frequentes;
  • Ocorrência de sangramentos vaginais mais intensos que os da menstruação;
  • Sangramentos, vermelhidão ou presença de pus e secreções com cheiro desagradável no local onde foi realizado o procedimento;
  • Fortes dores abdominais que persistem mesmo após ingerir os analgésicos prescritos;
  • Febre persistente com temperatura acima de 38º.

Mediante o aparecimento de um ou mais desses sintomas, é imprescindível entrar em contato com o médico ou procurar um pronto socorro.

Quais os efeitos posteriores à histerectomia?

Depois da realização deste procedimento cirúrgico, as mulheres não irão mais menstruar e também não poderão engravidar. É importante ressaltar que a retirada do útero não interfere no desejo sexual e na qualidade do contato íntimo.

Nas situações em que esta cirurgia abrange a retirada dos ovários, as mulheres perceberão o início dos sintomas típicos da menopausa, ou seja, ondas de calor, diminuição do desejo sexual, diminuição dos fluidos vaginais, irritabilidade e insônia.

Por todos esses motivos, quando ocorre a remoção dos ovários, é necessário realizar um tratamento de reposição hormonal, fazendo com que gradativamente o organismo feminino fique equilibrado.

Como é possível perceber, a histerectomia consiste em um procedimento que envolve uma série de cuidados antes, durante e depois da cirurgia. Por isso, é de suma importância seguir à risca todas as prescrições médicas.

 Imagem: visão.sapo.pt


dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Leia também:




Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*