O que é Sarampo e quais os cuidados a se tomar

 

o-que-e-sarampo-e-quais-os-cuidados-a-se-tomar

Aparece tosse incômoda, seca, acompanhada de espirros. No dia seguinte, os mesmos sintomas. Quatro dias depois, o quadro se define: aparecem as manchas vermelhas na face e no peito. E sarampo. Nesse artigo falaremos sobre o que é Sarampo e quais os cuidados a se tomar.

Que é sarampo? Quais os cuidados a se tomar? Como se manifesta?”

Sarampo é uma virose contagiosa eruptiva, mais comum na infância. Depois que alguém “pegou” o sarampo, passam-se dez dias silenciosos (primeira fase), em que o vírus se multiplica, até que venham os primeiros sintomas, que os médicos chamam de “fase catarral” (segunda fase).

Semelhante à gripe (é muito difícil distinguir, então, a gripe do sarampo, razão por que mesmo os médicos se podem enganar).

O risco de contágio é grande nessa fase. Há febre, indisposição, inapetência, lacrimejamento, tosse, espirros.

Publicidade

Nessa fase, entre 50 e 80% dos casos, surge um sinal característico que ajuda no diagnóstico: as manchas de Koplik.

São pequenos pontinhos brancos rodeados por um anel vermelho, localizados dentro da boca, nas bochechas, na altura dos molares.

Dá para se notar bem inspecionando-se com uma lanterninha o boca aberta.

A terceira fase, ou eruptiva, caracteriza-se pelas pintinhos avermelhadas, características, que se espalham pelo corpo. Soo como as pintinhas produzidas por caneta hidrocor rosa sobre a pele.

Entre as manchas, há áreas de tecido sadio. No caso da escarlatina, as manchas são contínuas. Muito frequentemente, as manchas começam atrás das orelhas, e daí passam à face.

Publicidade

No começo, são manchas claras e isoladas, que aos poucos se tornam vermelhas e disseminadas. Elevam-se sobre a pele, formando pápulas. Depois de 24 horas, o corpo já está quase todo “pintado”.

A erupção desce para o tronco, e daí para os membros. Os sintomas de gripe diminuem, remanescendo, por um pouco, a febre e a tosse.

Podem ocorrer sintomas digestivos. Quando a febre dura mais que cinco dias, é possível que haja alguma complicação.

Se tudo correr bem, a febre diminui, e as erupções vão-se atenuando. Soltam-se da pele pequenas escamas, como caspa, principalmente na altura do pescoço e do rosto.

Complicações

Muitos não sabem, mas o sarampo é uma das principais causas de morte infantil. Torna-se particularmente perigoso quando ataca crianças com menos de dois anos, já debilitadas por
outro causas, como má nutrição.

O vírus do sarampo pode atingir o sistema nervoso central, provocando, entre outras coisas, a encefalite por sarampo, infecção grave.

Entre as sequelas, pode produzir distúrbios motores e sensoriais, e retardo mental. Por isso a importância de sabermos o que é Sarampo e quais os cuidados a se tomar.

A broncopneumonia é outra complicação preocupante, que deve ser tratado em hospital.

Devido à falta de oxigenação, a pele fica arroxeada, escondendo as manchas do sarampo. E o que o povo chama de “sarampo recolhido”, que pode levar à morte.

A irritação dos olhos, provocada pelo vírus, abre caminho para invasões bacterianas, que produzem blefarite e, depois, otite média. E-lá dor de ouvido, e a febre aumenta.

Em infecções mais sérias, o ouvido chega a verter pus. Outras doenças, como laringite, abscessos de pele e furúnculos, podem sobrepor-se ao sarampo.

* O diagnóstico deve ser feito por um médico. Havendo suspeita, avise o serviço de saúde mais próximo, e siga suas instruções. É importante a prevenção vacina, cujos resultados se vêem na erradicação dessa doença em muitos lugares

Publicidade

Nesse artigo falamos sobre O que é Sarampo e quais os cuidados a se tomar.

Imagem- tuasaude.com

Assuntos Interessantes:

 

Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


dez + 12 =