Progesterona Baixa – Por Que Isso Ocorre e Como Resolver Este Problema?

Saber porque o organismo está apresentando progesterona baixa é a dúvida de muitas mulheres que desejam alcançar o equilíbrio orgânico. Para saber porque isso ocorre e como solucionar essa baixa quantidade de progesterona, confira nosso post.

 

progesterona baixa

Progesterona baixa – O que isso significa?

A progesterona consiste em um hormônio sexual produzido pelo organismo feminino com a função de equilibrar os ciclos ovarianos e manter a gestação saudável.

Desse modo, a progesterona baixa está associada a problemas relacionados à fertilidade feminina. Em outras palavras, mulheres que apresentam baixo índice de progesterona tem menos chances de engravidar.

Por que isso acontece?

De forma geral, os baixos níveis de progesterona estão associados a:

Dieta alimentar

As mulheres que consomem altas quantidades de carne vermelha e de frango acabam ingerindo altas quantidades de estrogênio, hormônio amplamente utilizado nessas carnes.

O excesso de estrogênio faz com que o organismo feminino apresente desequilíbrio quanto aos níveis de progesterona.

Estresse

Toda mulher sabe como o estado emocional interfere no ciclo menstrual. Pesquisas apontam que períodos prolongados de estresse provocam desequilíbrios no processo de ovulação, fator este que interfere no nível de progesterona.

Uso de pílulas anticoncepcionais

As mulheres que utilizam ou utilizaram pílulas anticoncepcionais apresentam baixa quantidade de progesterona, já que esses medicamentos contêm altas dosagens de estrogênio com o intuito de evitar a gravidez.

Causas adicionais

Além das razões apresentadas anteriormente, a progesterona baixa está associada a distúrbios das glândulas suprarrenais, tratamentos com reposição hormonal, hipertireoidismo e hipotireoidismo.

Como equilibrar os níveis de progesterona no organismo?

Mudar hábitos alimentares

O primeiro passo para equilibrar os níveis de progesterona no organismo é adotar uma dieta alimentar mais saudável, com menos carnes e rica em frutas, verduras, legumes e grãos integrais. Além disso, deve-se priorizar ingerir alimentos orgânicos ou que eles estejam o mais próximo possível do natural.

É necessário evitar alimentos processados, embutidos, enlatados, com excesso de corantes e conservantes etc. Infelizmente, os alimentos comercializados, sobretudo as carnes, contem altas dosagens de hormônios prejudiciais ao equilíbrio do corpo.

Cuidar das emoções

Buscar alternativas para lidar com os altos níveis de estresse, ansiedade e até mesmo depressão é fundamental para equilibrar os níveis de progesterona no organismo.

Para isso, é muito válido analisar as causas do estresse e tentar adotar medidas para eliminá-las ou amenizá-las. Buscar terapias alternativas como meditação, yoga, reiki, aromoterapia e muitas outras tem sido uma decisão tomada por milhões de pessoas que almejam o equilíbrio do corpo e da mente.

Contar com orientação médica

A orientação médica de um ginecologista é imprescindível para equilibrar os níveis de progesterona nas mulheres. Este profissional, por meio de consultas e exames clínicos e laboratoriais, conseguirá fazer um diagnóstico preciso de acordo com cada paciente, prescrevendo o tratamento mais adequado que poderá envolver medicamentos e reposição hormonal.

Portanto, é perfeitamente possível reverter o quadro de progesterona baixa, desde que os hábitos alimentares sejam adequados, os níveis de estresse normalizados e sobretudo contar com um médico de absoluta confiança.

Imagem: altoastral.com.br

 

 

 

 

 

 

 


dicas Dica Extra: Como Curar Doenças de Forma Natural

Descubra como PREVENIR e CURAR doenças através de métodos naturais e alimentos simples. Descubra o real PODER DE CURA PELA NATUREZA - Clique Aqui

Leia também:




Deixe um Comentário

Deixe um Comentário

Seu e-mail não será publicado.


*