Queimadura por gelo, Recomendações de como o Enfrentar

 

queimadura-por-gelo-recomendacoes-de-como-o-enfrentar

Para os apaixonados pelos esportes de inverno, não há nada mais emocionante que o ar frio e uma coberta de neve para esquiar, dirigir motos para a neve, andar em trenós, patinar, ou simplesmente brincar com ela.

Mas o frio seco pode dar uma mordida implacável se você não está vestido adequadamente para combater o frio.

Na realidade, você pode não se dar conta que está tão frio lá fora—até que resulte em Queimadura por gelo.

Congelamento

O congelamento ocorre quando os líquidos dos tecidos da pele começam a congelar-se, ou seja a cristalizar-se, restringindo o fluxo de sangue até a área afetada.

A maioria dos casos de congelamento ocorrem nas mãos, nos pés, nos dedos dos pés, no nariz, e nas orelhas.

A razão é que a medida que a temperatura corporal baixa em reação a exposição prolongada ao frio, o coração tenta proteger os órgãos vitais aumentando a circulação no tronco, e diminui a das extremidades.

Mesmo que é prudente que o médico examine qualquer caso em que se suspeite de congelamento, você necessita tomar medidas imediatas para reaquecer e proteger as áreas afetadas.

As recomendações que se seguem podem ajudar a que atenda a pele congelada e a proteja dos efeitos do congelamento no futuro.

Queimadura por gelo, Recomendações de como o Enfrentar:

Preste atenção aos sinais de advertência

Enquanto mais rápido note os sintomas de congelamento, e quanto mais rápido tome medidas para reaquecer as áreas afetadas, melhores serão os prognósticos de recuperação.

No começo, a pele pode começar a formigar, a medida que os cristais de gelo começam a formar-se nos tecidos.

Em seguida, começa a sentir dor, acompanhado de avermelhamento, ardor, coceira, e inchação.

Se a exposição ao frio continua, se produz dormência, a dor diminui, e a pele começa a ficar mais branca e com aparência de cera. Nesta etapa, é necessário tomar ação imediata para evitar a morte do tecido da pele.

Aqueça-se de maneira apropriada

Se você é afetado por congelamento não corra ao aquecedor, fogão quente, ou fogo mais perto.

“A extremidade adormecida pode não sentir o calor intenso, e você pode queimar os delicados tecidos danificado, dermatologista com consultório em Fairbanks, Alaska.

Pela mesma razão, não use uma lâmpada de aquecer, uma bolsa de água quente, ou uma almofada de aquecer.

O método que apresenta menos riscos para tratar o congelamento é submergir a extremidade afetada num lavabo ou recipiente cheio com água morna de 40°C a 43°C não mais.

Uma vez que os dedos da mão ou do pé se aquecem, mova-os suavemente para aumentar a circulação até a área.

No caso do congelamento das orelhas ou do nariz, entrar num lugar aquecido será suficiente para aquecê-los.

Se isso não der resultado, aplique suavemente compressas mornas nas áreas afetadas; não esfregue os tecidos danificados.

Se aquecer de maneira apropriada é uma ótima forma de se tratar a queimadura por gelo, Recomendações de como o Enfrentar.

Se aqueça rapidamente

Os especialistas acham que reaquecer a área congelada o mais rapidamente possível, estimula uma cura mais rápida, reduz a perda de tecido, e ajuda a evitar complicações, tais como gangrena—e mesmo, a perda de alguma extremidade.

Tentar reaquecer rapidamente no inicio pode causar mais dor, avermelhamento e inchação, e acabar resultando em bolhas grandes, logo tome cuidado. Um congelamento leve a moderado se cura em uma ou duas semanas.

 

Não se descongele e volte a se congelar

Descongelar e voltar a congelar uma área afetada por congelamento pode causar mais dano; portanto, se não pode manter morna a área afetada, pode ser melhor que adie o reaquecimento até que esteja sem riscos fora do frio.

Mantenha-se o mais aquecido e o mais seco possível

Mesmo que sua roupa possa estar seca, ela pode estar o suficientemente fria para impedir que se aqueça. A roupa úmida reduz o calor logo você a deve tirar.

No entanto, se você não pode ir rapidamente a algum lugar quente, o melhor que pode fazer é colocar um cobertor ou algo que e o mantenha aquecido, junto com as roupas que já têm vestidas.

Aconchegue-se a um companheiro

O calor do corpo de um amigo vai ajudar você a aquecer-se.

Beba muitos líquidos

Tomar líquidos mornos pode fazer com que se sinta melhor, e o que é mais importante, vai evitar que se desidrate, o que poderia piorar o seu estado. (Desidratar-se, em primeiro lugar, faz com que fique mais suscetível ao congelamento).

No entanto, não coma neve. Também evite as bebidas alcoólicas, que na realidade estimulam a perda de líquidos.

Eleve a área afetada

Isto minimiza as possibilidades de edema, ou inchação, da área afetada. Fazer isto é importante porque a inchação pode interferir com uma circulação adequada, que é necessária para a cura apropriada.

Não use neve

Isso é somente histórias antigas. Esfregar-se a área congelada com neve ou com gelo vai romper as células da pele e possivelmente pode levar a uma gangrena.

Não esfregue nem faça massagem na área afetada

Isto também vai causar mais dano na pele.

Não ande com seus dedos congelados

Se for possível, não ande se os dedos do pé estão congelados. O mesmo relativo a qualquer área congelada, pois necessitam imobilização para que se curem adequadamente.

Mantenha separados os dedos do pé ou da mão

Use gaze estéril para separar os dedos afetados. Isto ajuda a imobilizar os delicados tecidos, que poderão vir a juntar-se a medida que ficam em bolhas e saram.

Experimente esta solução para as bolhas

Durante o processo de descongelamento, podem sair bolhas que persistem por semanas.

Se isto ocorre, misture uma solução de Burrow (se pode conseguir sem receita em envelopes ou tabletes nas farmácias) em água morna entre de 40°C a 43°C, de acordo as instruções da embalagem, e aplique essa solução nas bolhas com compressas úmidas de 15 a 20 minutos cada duas ou três horas, até que as bolhas comecem a secar.

Nesse artigo falamos de Queimadura por gelo, Recomendações de como o Enfrentar.

Imagem- exame.abril.com.br

Dica Extra: Alimentos que Curam Doenças


Enquanto muitas pessoas se entopem de remédios, multivitamínicos e realizam dietas mirabolantes, existem certos alimentos que podem evitar doenças ou até mesmo ajudar na cura de muitas delas. Descubra o real PODER na Natureza neste Vídeo Exclusivo - Clique Aqui


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *