11 Benefícios da Arginina – o que é, para que serve e preço

arginina

A arginina consiste em um aminoácido básico de carga negativa que faz parte da composição de proteínas, sendo consumida também em forma de suplementos.

arginina

Para que serve a arginina?

De forma geral, essa substância é responsável por:

  • Fazer o transporte de nitrogênio pelo organismo (tanto em humanos quanto em animais);
  • Realizar a síntese de moléculas do corpo;
  • Acionar as defesas imunológicas, promovendo a recuperação do organismo quanto a possíveis danos causados por doenças, ferimentos etc.;
  • Promover a síntese proteica no organismo;
  • Atuar como intermediária da síntese de fosfato de creatina;
  • Estimular a síntese de glicose;
  • Promover uma ação antioxidante no organismo;
  • Realizar a síntese de óxido nítrico.

Quais são os benefícios da arginina?

1- Fortalece o sistema imunológico

Pelo fato de esse aminoácido estimular a produção de linfócitos e atuar nas defesas naturais do organismo, ele naturalmente fortalece o sistema imunológico, tornando o corpo resistente a uma série de doenças.

2 – Previne o câncer

O consumo desse aminoácido inibe o aparecimento e crescimento de tumores cancerígenos em diversas partes do corpo.


3 – Favorece o crescimento

A arginina estimula a atividade do hormônio do crescimento (GH), fator responsável pelo aumento de massa magra.

4 – Ajuda a cicatrizar feridas

Pelo fato de esse aminoácido ajudar na recuperação muscular e acionar as defesas imunológicas quanto à recuperação de lesões, ele é benéfico também para a cicatrização de feridas, cortes e lesões.

5 – Estimula o ganho de massa muscular

Como a principal função desse aminoácido consiste em promover a síntese de proteínas no organismo, ele naturalmente promove o ganho de massa muscular, sendo ideal para atletas ou pessoas que estão em busca de um corpo definido.

6 – Ajuda a tratar problemas no fígado

O consumo de arginina está relacionado ao tratamento de problemas ocorridos no fígado, pelo fato de esse aminoácido ajudar na circulação sanguínea e contribuir para o funcionamento desse importante órgão.

7 – Melhora a fertilidade masculina

Esse aminoácido também é responsável por estimular a produção de esperma, questão fundamental para a fertilidade masculina.


8 – Favorece ossos e tensões

A síntese de proteínas proporcionada por esse aminoácido auxilia na construção de novas células nos ossos e tendões, ajudando no tratamento de artrite e problemas no tecido conjuntivo.

9 – Reduz a ansiedade

Esse aminoácido atua no equilíbrio da circulação sanguínea, contribuindo naturalmente para reduzir os sintomas da ansiedade.


10 – Ajuda a emagrecer

Devido ao aumento da retenção de nitrogênio, a arginina é de grande ajuda para a queima de gordura e ganho de massa magra.

11 – Fornece energia para o corpo

A síntese de fosfato e creatina promove o aumento da energia para a realização dos treinos, auxiliando inclusive na recuperação muscular após as atividades físicas, principalmente as de musculação.

saude

Quais as contraindicações da arginina?

Ainda que esse aminoácido ofereça uma série de efeitos benéficos ao organismo, ele não é recomendado nos seguintes casos:

  • Gestantes;
  • Lactantes (mulheres que estão amamentando);
  • Crianças;
  • Idosos;
  • Pessoas afetadas pelo vírus herpes simplex;
  • Indivíduos que sofrem de disfunção renal;
  • Pessoas que sofrem de disfunção hepática;
  • Pacientes diagnosticados com diabetes ou que apresentam níveis de glicose predominantemente elevados;
  • Pessoas que sofrem de problemas cardíacos.

Obs.: indivíduos diagnosticados com outros tipos de doença ou que fazem uso de medicamentos deverão obrigatoriamente consultar um médico ou nutricionista antes de fazer uso desse suplemento.

Quais são os efeitos colaterais da arginina?

Com relação ao uso desse suplemento a curto prazo, ele não apresenta efeitos colaterais. Já quando o uso se estende por muito tempo ou é feito de forma exagerada, as possíveis reações são:

Como tomar arginina?

O ideal é consumir esse suplemento 1 ou 2 vezes ao dia e que a segunda dose seja feita antes dos treinos (atividade física). Desse modo:

1ª Dose – Logo pela manhã;

2ª Dose – Antes dos treinos.

O ideal é manter a quantidade diária total desse suplemento de acordo com as instruções contidas na embalagem do fabricante, já que a depender da marca ou composição do suplemento, elas podem variar um pouco, assim como a quantidade de doses recomendadas durante o dia.

A depender do peso, altura e efeitos desejados quanto a esse suplemento, é recomendado fazer uma avaliação completa com um nutricionista para verificar a dosagem ideal em cada caso.

Qual o preço e onde comprar arginina?

Esse suplemento é disponibilizado em forma de cápsulas. O valor aproximado de um frasco com 120 cápsulas fica em torno de R$30,00.

Esse produto é disponibilizado por várias marcas, sendo encontrado em lojas de suplementos (físicas e pela internet).

Como potencializar os efeitos desse suplemento?

Além de seguir todas as orientações do fabricante e procurar um nutricionista, para potencializar os efeitos desse suplemento é necessário:

Ter uma alimentação balanceada

Para perder gordura e ganhar massa muscular, um dos passos básicos é cuidar da alimentação, priorizando o consumo de alimentos ricos em vitaminas, minerais, fibras, proteínas e demais nutrientes benéficos ao organismo.

Também é necessário reduzir drasticamente o consumo de alimentos gordurosos, industrializados ou ao “estilo” fast food, já que eles consistem nos principais vilões de um corpo definido.

O mesmo vale para doces feitos com excesso de açúcar, farinha branca ou cremes.

Para otimizar os efeitos do suplemento, é necessário incluir os seguintes alimentos no cardápio semanal (eles são ricos em arginina):

  • Feijão;
  • Grão de bico;
  • Lentilha;
  • Soja;
  • Peixes;
  • Carne vermelha magra;
  • Ovo cozido;
  • Queijos magros;
  • Arroz integral;
  • Pão integral;
  • Amêndoas;
  • Avelãs;

Beber bastante água


Para que esse suplemento desempenhe sua função, ele necessita que o organismo esteja bem hidratado. Por isso, é necessário ingerir 2 litros de água todos os dias e priorizar a ingestão de sucos naturais frescos, água de coco e chás naturais.

O consumo de bebidas alcoólicas, refrigerantes, sucos de caixinha e sucos em pó deve ser reduzido drasticamente ou até mesmo eliminado, até que os efeitos desejados comecem a aparecer.

Com todas essas recomendações, é possível obter bons resultados com o uso da arginina, ganhando maior resistência e massa muscular.

Imagens:  superlistas.net        imaginanaviagem.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


17 − onze =