Chá de Noz Moscada – Benefícios, Contraindicações e Como Fazer

Chá-de-noz-moscada

A maioria das pessoas conhece a noz moscada como uma especiaria, ela é um caroço encontrado dentro da fruta derivada da moscadeira, uma árvore imponente que pode chegar a 20 metros de altura. Originária da Indonésia, mas é cultivada em todo mundo em regiões onde o clima é tropical e úmido. O chá de noz moscada, possui grandes benefícios para a saúde.

Além de ser muito utilizada na culinária para preparos de molhos, saladas e sobremesa, a noz moscada também possui alguns benefícios medicinais que vamos abordar nesse artigo. Continue lendo.

 

Chá-de-noz-moscada-benefícios

 

Propriedades do chá de noz moscada

Os indianos estão acostumados a ingerir o chá de noz moscada, alias essa é a maior forma de consumo desse fruto no País. A semente é rica em potássio, ferro, manganês e cálcio, além de conter vitaminas A, complexo B, V, riboflavina, niacina e antioxidantes como o flavonóides, betacaroteno e criptoxantina.


Uma das características muito conhecidas da semente é o baixo teor de sódio e as funcionalidades como catalisador para quebra das gorduras e do colesterol alto.

Benefícios do chá de noz moscada

A riqueza de vitaminas e minerais contidos no chá de noz moscada ajuda a tratar de diversas condições de saúde, entre as principais estão:

1- Possui efeitos antioxidantes no organismo

A semente demonstrou uma forte ação antioxidante atuando na redução do crescimento das células que podem provocar o câncer.  Além disso, promovem uma verdadeira limpeza no organismo através da eliminação das toxinas.

O seu poder antibacteriano também é visto pela indústria de cosméticos que fabrica produtos como creme dental, sabonetes e óleos tendo a noz moscada como protagonista.

2- Trata distúrbios do sono

Os populares afirmam que o chá de noz moscada pode acabar com a insônia, uma condição onde as pessoas têm dificuldades para dormir. A semente possui miristicina e elemicina, ambas têm influência no sistema nervoso e promovem um efeito sedativo que relaxa e favorece uma boa noite de sono.


3- Melhora a circulação sanguínea

As propriedades relaxantes promovidas pelo chá de noz moscada também ajudam a melhorar a circulação do sangue, o eugenol é a substância responsável por esse efeito de promover a vaso dilatação e facilitar que o sangue percorra em todas as partes do corpo.

4- Faz bem para o sistema digestivo

O aroma e sabor inconfundível da semente de noz moscada traz grandes benefícios para a digestão trazendo o alívio de distensão do abdômen, excesso de gases, diarréia ou intestino preso.


5- Auxilia em problemas respiratórios

O chá de noz moscada ajuda a trazer alívio em caso de resfriados e gripes, há muitas pessoas que utilizam a semente também para asma. A indústria usa o óleo extraído dessa especiaria para fazer xaropes para tosse devido suas propriedades anti-inflamatórias.

6- Alivia dores

Alguns povos asiáticos aproveitavam as propriedades anti-inflamatórias e analgésicas da noz moscada para aliviar as dores decorrentes da artrite e dores nos músculos. Nesse caso, eram utilizados o óleo para massagear o local afetado, no entanto, o chá de noz moscada também demonstra grandes resultados para esses casos.

7-  Noz moscada para dentes, hálito e gengiva

A boca é alvo de muitas bactérias, elas são as grandes causadoras do mau hálito, as propriedades antibacterianas contidas no chá de noz moscada vão ajudar na eliminação de problema. Além disso, já existem muitos cremes dentais feitos a partir dos princípios ativos dessa semente que ajudam a evitar a dor de dente e também problemas na gengiva.

Efeitos colaterais

A noz moscada é uma semente que pode ser muito tóxica quando consumida em excesso, uma única unidade pode proporcionar reações alucinógenas, náuseas, vômitos, aceleração cardíaca, tonturas, sudorese e convulsões.

O uso do chá de noz moscada deve ser feito com parcimônia, assim como a utilização em alimentos como especiaria.

Contraindicações da noz moscada

Não é seguro consumir o chá de noz moscada em caso de gravidez e enquanto estiver amamentado. Além disso, existem advertências devido o efeito abortivo da semente.

Crianças e portadores de doenças neurológicas também não devem consumir o chá de noz moscada.

Qual é a quantidade segura indicada da noz moscada?

Quando se faz uma receita com a semente geralmente se usa pouca quantidade de noz moscada, pois a mesma é somente ralada para dar um aroma e sabor diferenciado aos pratos.

O consumo seguro da semente não é estipulado por nenhuma pesquisa científica, apenas não foram notadas reações adversas com a utilização de até 2 colheres de chás por dia em uma pessoa adulta, mas deve ser levado em conta que não é necessário a ingestão abrupta de tanto pozinho em preparos culinários.

Na versão do chá de noz moscada são indicados apenas 1 xícara por dia da bebida.

Como fazer o chá de noz moscada?

A noz moscada pode ser utilizada em molhos, sopas, cremes, bolos, flans, tortas, caldos, biscoitos, entre outras receitas. Mas também, existe a opção do chá de noz moscada, aprenda a fazer:

Ingredientes:

  • 1 litro da água;
  • Meia noz moscada;
  • Se quiser adoçar, use mel.

Modo de preparo:

1- Rale a noz moscada;

2- Ferva a água e desligue;

3- Coloque a noz moscada na água fervente e deixe descansar por 3 minutos;


4- Depois disso, você pode coar a bebida, mas como a noz moscada está ralada, será necessário usar uma peneira fina;

5- Beba em seguida;

O recomendado é ingerir 1 xícara pela manhã, ou se tiver problemas para dormir, pode beber a noite, antes de ir dormir.

Se tiver algum problema de saúde e tomar algum medicamento de uso contínuo, informe o seu médico sobre a ingestão do chá de noz moscada. Apesar de ser um remédio natural, ele também pode fazer mal a saúde.

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


dez + um =