11 Causas de Formigamento – principais causas e como tratar

formigamento

A maioria das pessoas alega que, em algum momento, já apresentaram formigamento em uma das partes do corpo sem maiores consequências. Entretanto, o que isso exatamente significa e quais causas (muitas vezes graves) estão por trás desse sintoma?

formigamento

11 causas de formigamento

1 – Diabetes

Pelo fato de o diabetes diminuir a produção de insulina, a quantidade de glicose na corrente sanguínea aumenta, diminuindo o fornecimento de oxigênio para o corpo.

Esse quadro compromete o metabolismo e prejudica a capacidade natural do organismo em eliminar os radicais livres, provocando a chamada neuropatia periférica.


Os primeiros sinais dessa neuropatia consistem justamente no formigamento nos pés, nas pernas e nas mãos, ocasionando após algum período fraqueza, dormência e dores.

Quando não identificada e tratada em tempo hábil, essa neuropatia pode levar à perda de sensibilidade do membro e, em casos mais graves, à amputação.

2 – AVC – Acidente Vascular Cerebral

O Acidente Vascular Cerebral consiste em um processo hemorrágico ou interrupção do fluxo sanguíneo para o cérebro. Um dos principais sintomas de alerta quanto ao AVC trata-se exatamente do formigamento acompanhado (ou não) de perda repentina de sensibilidade ou força em um dos lados do corpo.

Outros possíveis sintomas são: tontura, confusão mental, dificuldade para falar, fraqueza, dormência e alterações na visão.

3 – Anemia

Caracterizada pela insuficiência de glóbulos vermelhos, os quadros anêmicos provocam a diminuição dos níveis de hemoglobina e problemas quanto à troca de oxigênio.


Por esse motivo, pessoas com anemia podem sentir formigamentos em várias regiões do corpo, sendo esse sintoma geralmente acompanhado por cansaço excessivo.

4 – Esclerose múltipla

Devido às lesões provocadas nos neurônios pela esclerose múltipla – doença autoimune onde o sistema imunológico ataca o sistema nervoso central –, é comum que os pacientes relatem o formigamento em algumas partes do corpo como um dos principais sinais que posteriormente devem ser avaliados por um neurologista.


5 – Hérnia de disco

Por ser um problema que afeta o chamado anel cartilaginoso (situado entre as vértebras), a hérnia de disco (uma das principais causas de dores nas costas) é responsável por provocar formigamento nas pernas ou nos braços, dormência, dor e fraqueza.

6 – Infarto

Os cardiologistas são unânimes ao alertarem que o formigamento consiste em um dos principais sinais de infarto, exigindo bastante atenção.

Outros sintomas são: dor no tórax, diminuição da sensibilidade nos braços, tontura, cansaço, transpiração excessiva, palpitações e falta de ar.

7- Hipotireoidismo

Pelo fato de essa doença (quando não tratada) danificar os nervos periféricos, ela pode ocasionar a neuropatia nas mãos e pés, apresentando como sintoma inicial o formigamento.

8- Trombose

Tanto a trombose arterial quanto a venosa geralmente provocam formigamentos no membro afetado devido à formação de coágulos de sangue que ficam presos na corrente sanguínea.

formigamento-como-tratar

9- Doença de Buerger

Conhecida também como tromboangeíte obliterante, essa doença na maioria das vezes é ocasionada pelo vício do cigarro.

Pelo fato de ela provocar a diminuição do calibre dos vasos sanguíneos responsáveis por irrigar as extremidades do corpo, essa doença acarreta formigamentos, dores, diminuição da sensibilidade, pele gelada e com aspecto arroxeado.

10- Síndrome de Guillain-Barré

Uma das características dessa doença consiste nos problemas relacionados à geração de estímulos nervosos.

Por esse motivo, os pacientes relatam perda de sensibilidade e força, fraqueza nos músculos da face, cãibras e formigamentos.

11- Neurite

Trata-se de uma doença responsável por provocar uma inflamação nos nervos, ocasionando o comprometimento ou degeneração do local afetado.

Os principais sintomas da nefrite são atrofia muscular, formigamentos e fraqueza.

Quando é o momento de procurar um médico?

Ao notar qualquer tipo de formigamento, sobretudo quando acompanhado por outros sintomas, é imprescindível consultar um médico o mais rápido possível.

Inicialmente a consulta pode ser marcada com um clínico geral e depois, a depender dos sintomas apresentados, o paciente deve ser encaminhado aos cuidados de um especialista.

Para identificar ou confirmar as causas do problema são solicitados vários tipos de exames de sangue e imagem, tais como ultrassonografias, tomografias ou ressonância magnética. Também são solicitados eletrocardiogramas, eletroencefalogramas e tudo mais que o médico julgar necessário.

Como é feito o tratamento?

Cada doença mencionada anteriormente exige um tipo de tratamento específico, que envolve estratégias de prevenção ou alívio de sintomas (no caso de doenças ainda sem cura).

Todo tratamento será prescrito pelo médico de acordo com o quadro clínico do paciente, geralmente envolvendo uso de medicamentos, acompanhamento nutricional, realização de fisioterapia e consultas regulares ao especialista.

A importância da alimentação e da atividade física

Como é possível observar acima, a maioria das doenças que tem o formigamento como sintoma possui causas associadas à circulação sanguínea, sistema imunológico e sistema nervoso central.

Para que esses três elementos e o organismo como um todo adquiram mais saúde, é de extrema importância rever hábitos alimentares.

Isso significa aderir a uma alimentação rica em minerais, vitaminas, fibras, antioxidantes e demais nutrientes que favoreçam o equilíbrio do corpo, controle do peso, aumento da imunidade, melhora da circulação etc.

Por outro lado, é essencial reduzir drasticamente o consumo de gorduras, açúcar e alimentos industrializados, já que eles consistem nos mais perigosos inimigos da saúde, sendo associados ao aumento dos riscos de infarto, AVC – Acidente Vascular Cerebral, tromboses, câncer, doenças no sistema imunológico, obesidade, diabetes, hipertensão e por aí vai.


Quem deseja ganhar saúde e vida longa, também é fundamental dedicar-se à prática de exercícios físicos de forma regular. Por favorecer a circulação, aumentar a resistência cardiorrespiratória, ajudar no equilíbrio do peso e aumentar as defesas imunológicas, a atividade física é sinônimo de qualidade de vida e fator chave para a prevenção e tratamento de diversas doenças.

Obs.: antes de iniciar a prática de uma atividade física, é necessário passar por uma avaliação médica completa e realizar apenas as atividades que sejam recomendadas pelo médico (que pode ser um clínico geral, cardiologista, neurologista etc).

A combinação de todos esses cuidados é essencial para prevenir e tratar as doenças que acarretam o formigamento como um dos sintomas. Vale sempre frisar que, independentemente desse sintoma aparecer em crianças, pessoas jovens, adultos ou idosos, é indispensável procurar ajuda médica quanto antes.

Imagens: saude.umcomo.com.br        leandroteles.com.br

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


cinco × dois =