Graviola – 12 Benefícios que ela oferece, Emagrece? Confira!

graviola

A graviola – fruta reconhecida por seu agradável sabor adocicado – oferece uma série de benefícios para a saúde e a beleza. Quer saber quais são eles?

graviola

12 Benefícios da graviola

1 – Inibe os efeitos do envelhecimento

Por conta dos antioxidantes presentes nessa fruta, o seu consumo regular ajuda a retardar os efeitos do envelhecimento, tais como rugas, linhas de expressão, manchas e problemas na visão.

2 – Previne o câncer

A grande quantidade de antioxidantes também concede o benefício da prevenção do câncer.


Esses antioxidantes – especialmente a acetogenina – evitam a ação dos radicais livres que causam o desequilíbrio celular (causa principal da formação e metástase de tumores).

3 – Favorece o sono

Rica em substâncias que favorecem o relaxamento físico e mental, a graviola consiste numa grande aliada do sono, favorecendo um descanso revigorante.

Por esse motivo, o consumo dessa fruta cerca de 30 minutos antes de dormir é uma excelente alternativa para combater a insônia.

4 – Melhora a saúde do coração

Por conter excelente quantidade de potássio, essa fruta diminui a pressão sanguínea, sendo ideal para prevenção e tratamento da hipertensão, doença que afeta milhões de pessoas no mundo.

Além disso, as substâncias relaxantes dessa fruta promovem o relaxamento das artérias, melhorando também a circulação, fator essencial para diminuir os riscos de infarto e derrames.


5 – Alivia dores de artrite

Graças às propriedades anti-inflamatórias da graviola, essa fruta é reconhecida pelo efeito positivo em auxílio ao tratamento da artrite e demais doenças articulares caracterizadas por provocar fortes dores e inchaço nas articulações.

6 – Fortalece o sistema imunológico

Rica em vitaminas, minerais, fibras, antioxidantes, fitonutrientes e demais substâncias, essa fruta possui a combinação perfeita para tornar o sistema imunológico mais resistente.


Com isso, o organismo fica menos suscetível à ação de bactérias, fungos, vírus e parasitas responsáveis por provocar diversas doenças, entre elas: gripes, resfriados, pneumonia, infecções de garganta, viroses, candidíase etc.

7 – Previne acnes

Os minerais contidos nessa fruta são de grande ajuda para hidratar a pele naturalmente, atuando na limpeza dos poros.

As fibras contribuem para deixar a pele menos oleosa, outro fator essencial para prevenir e combater acnes.

8 – Favorece o intestino

E por falar nas fibras da graviola, são elas as responsáveis por melhorar o funcionamento do intestino, evitando prisão de ventre, constipação, obstrução intestinal, inflamações e até mesmo doenças mais graves como diverticulite e câncer de cólon e intestino.

9 – Melhora o funcionamento dos rins e fígado

As vitaminas, minerais e fibras presentes nessa fruta contribuem para o bom funcionamento dos rins e do fígado, dois órgãos vitais para a saúde sanguínea.

Ela ajuda a eliminar as toxinas acumuladas no organismo, incluindo o excesso de sódio, gordura e açúcar tão prejudicial à saúde.

Por esse motivo, o suco dessa fruta ajuda a prevenir pedras nos rins, esteatose hepática (gordura no fígado) e demais doenças.

graviola-beneficios

10 – Alivia o estresse

As propriedades relaxantes dessa fruta aliviam os sintomas do estresse, ansiedade e depressão leve, já que além de combater a insônia, ela contribui para diminuir a taquicardia e irritação.

11 – Diminui dores de cabeça e tensão muscular

Devido às propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, o consumo do suco de graviola alivia dores de cabeça, enxaqueca e tensão muscular (muitas vezes provocadas pelo estresse).

12 – Emagrece

Pelo fato de ser rica em fibras, nutritiva e com baixíssimo teor de gordura, essa fruta possui a combinação perfeita para emagrecer, sendo recomendada inseri-la no cardápio pelo menos 2 ou 3 vezes na semana.

Quais são os nutrientes da graviola?

  • Proteínas;
  • Carboidratos;
  • Fibras;
  • Ferro;
  • Sódio;
  • Zinco;
  • Fósforo;
  • Cálcio;
  • Magnésio;
  • Manganês;
  • Potássio;
  • Vitaminas B1, B2, B3 e B6;
  • Vitamina C;
  • Folato;
  • Colina;
  • Flavonoides;
  • Acetogenina;
  • Lactonas alcaloides isoquinolínicos;
  • Taninos;
  • Cumarinas;
  • Ácido esteárico;
  • Prociadininas;
  • Fitosteróis;
  • Ácido elágico;
  • Ácido gama-amino butírico;
  • Ácido pantotênico.

O consumo dessa fruta tem alguma contraindicação?

Sim. Embora a graviola ofereça diversos benefícios para a saúde, ela não deve ser consumida nos casos de:

  • Pessoas que sofrem de hipotensão (pressão baixa);
  • Indivíduos com caxumba, aftas ou ferimentos na boca (devido à acidez dessa fruta, ela pode prejudicar essas feridas);
  • Diabéticos devem consumir essa fruta com bastante moderação.

Receita de suco de graviola

Ingredientes

  • 1 graviola grande (fruta in natura);
  • 1 litro de água mineral ou filtrada gelada;
  • 1/2 xícara (chá) de açúcar mascavo ou demerara;
  • 7 cubos de gelo.

Preparo

  • Lavar bem a graviola e descascá-la;
  • Cortar a fruta ao meio, remover as sementes e o miolo (que é mais fibroso), extraindo apenas a polpa da fruta;
  • No liquidificador, bater bem a polpa da fruta com a água e o açúcar;
  • Coar o suco e adicionar as pedras de gelo. Beber logo em seguida.

Esse suco é ideal principalmente para noites quentes, já que além de hidratar o corpo, ele ajuda a dormir melhor.

Onde comprar graviola?

Essa fruta é facilmente encontrada in natura em supermercados e feiras livres. Além disso, nos supermercados é possível encontrar essa fruta em formato de polpa congelada para sucos.

Algumas curiosidades sobre a graviola

  • Tendo suas origens nas Antilhas, essa fruta espalhou-se rapidamente por outras regiões da América. No Brasil, a graviola é encontrada em maior quantidade nos estados da região Nordeste e na Amazônia;
  • Além de ser bastante utilizada para fazer sucos, é possível usar a graviola no preparo de sorvetes, cremes, smoothies, iogurtes e sobremesas;
  • O sabor dessa fruta harmoniza perfeitamente o doce e o azedo, sendo bastante agradável ao paladar;
  • Além dos benefícios já comprovados do fruto, outras partes da graviola são estudadas em virtude de suas propriedades. Essas partes são: sementes, folhas, cascas e raízes.

Para usufruir dos benefícios dessa fruta, além de adicioná-la ao cardápio semanal é indispensável buscar uma alimentação nutritiva como um todo, evitando ao máximo o consumo de alimentos industrializados.

Também é recomendado priorizar o consumo de alimentos frescos e se possível na versão orgânica, já que eles são livres dos perigosos agrotóxicos responsáveis por causar uma série de doenças.

No verão, principalmente, é essencial, além do suco de graviola, ingerir bastante água, outros sucos de frutas frescas e chás gelados. Além de hidratar o corpo, essas bebidas são altamente nutritivas.

Imagens: hellodoktor.com     supplybunny.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


12 − dois =