Receita Caseira para Micose – Conheça 6 Dicas e as Causas

Receita caseira para a micose

Saber uma receita caseira para micose é fundamental para eliminar esse desconforto de forma 100% natural, evitando riscos de alergias ou irritações na pele. Para obter dicas desses remédios, fique de olho no nosso artigo.

 

Receita caseira para a micose

 

6 Dicas de receita caseira para micose

1 – Mistura de óleo de orégano com azeite de oliva

Essa mistura é bastante eficaz no combate aos agentes causadores das micoses, contribuindo também para higienizar e hidratar a pele e ao redor das unhas.

Ingredientes


  • 3 gotas de óleo essencial de orégano;
  • 1 colher (sobremesa) de azeite de oliva.

Preparo e aplicação

Misturar bem esses dois ingredientes e, com um algodão limpo, aplicar essa mistura na área afetada pela micose, deixando agir por 10 minutos;

Em seguida, lavar com água limpa. Essa aplicação deve ser feita 2 vezes por dia até que a micose desapareça.

2 – Banhos com vinagre de maçã

O vinagre de maçã consiste em um dos antissépticos naturais mais eficazes, eliminando a causa das micoses: os fungos.

Ingredientes


  • 1 copo americano de vinagre de maçã;
  • 2 litros de água morna.

Preparo e aplicação

  • Misturar esses dois ingredientes e despejar o líquido em uma bacia grande, deixando as mãos ou pés de molho por 20 minutos;
  • Depois disso, lavar bem a área e secar com uma toalha bem limpa, principalmente entre os dedos e nas bordas das unhas;
  • É recomendado utilizar um secador para secar os pés ou mãos e eliminar qualquer resquício de umidade que possa ficar abaixo das unhas.

Esse banho pode ser feito uma vez por dia até que a micose desapareça.


3 – Aplicação de suco de limão

Rico em propriedades adstringentes e antissépticas, um simples suco de limão é considerado outra excelente receita caseira para micose.

Basta espremer 1 limão, extraindo o suco e removendo as sementes.

Misturar esse suco com um pouco de água e aplicar na área afetada, deixando agir por 3 minutos. Depois disso, o local deverá ser lavado com bastante água limpa. Obs.: deve-se evitar exposição ao sol após esse banho. Por isso, recomenda-se que ele seja feito à noite.

Essa aplicação deve ser feita 1 vez por dia até que os sintomas da micose sumam.

4 – Aplicação de infusão de alho

O alho cru é um excelente combatente natural de bactérias e fungos causadores de micoses.

Ingredientes

  • 1 dente de alho;
  • 1 xícara (chá) de água.

Preparo e aplicação

  • Descascar e cortar o alho em pequenos pedaços;
  • Colocar o alho e a água em um recipiente e levá-lo ao fogo, deixando a mistura ferver por 5 minutos;
  • Desligar o fogo, abafar o chá e aguardar cerca de 10 minutos (até que ele esteja morno);
  • Coar e fazer banhos com esse líquido nas áreas afetadas pela micose, deixando agir por 10 minutos;
  • Lavar com água limpa logo em seguida e enxugar bem com uma toalha limpa.

Esse banho deve ser feito 2 vezes ao dia até que a micose desapareça.

5 – Banhos com bicarbonato de sódio

O bicarbonato de sódio consiste em uma eficaz receita caseira para micose, já que ele combate os fungos causadores do problema, higienizando a pele e as unhas.

Ingredientes

  • 1 colher (sopa) de bicarbonato de sódio;
  • 2 colheres (sopa) de água filtrada ou mineral em temperatura ambiente.

Preparo e aplicação

  • Em um recipiente, misturar bem esses ingredientes até que seja formada uma espécie de pasta;
  • Com um algodão limpo, aplicar essa pasta na região afetada pela micose, deixando agir por 5 minutos;
  • Lavar com água limpa e secar bem.

É recomendado fazer essa aplicação 2 vezes ao dia até que não haja vestígios da micose.

6 – Banhos com água, mel e açafrão-da-terra

Essa mistura é perfeita para combater os fungos e bactérias causadoras das micoses. Rico em propriedades antissépticas e anti-inflamatórias, o açafrão-da-terra proporciona excelentes resultados.

O mel por sua vez ajuda a hidratar a pele e contribui para a renovação celular.

Ingredientes

  • 1 copo americano de água em temperatura morna;
  • 1 colher (café) de açafrão-da-terra em pó;
  • 1 colher (café) de mel.

Preparo e aplicação

  • Dissolver bem o açafrão e o mel na água morna;
  • Utilizar essa mistura para banhos ou aplicações com algodão nas regiões atingidas pela micose, deixando a mistura agir de 5 a 10 minutos;
  • Lavar com água limpa e secar bem.
  • : devido à coloração do açafrão, é natural que a pele ou a unha fique com uma coloração amarelada, mas essa coloração some em alguns dias.

Esse banho ou aplicação deve ser feito 1 vez por dia até que a micose seja eliminada.

Causas da micose

De forma geral, o aparecimento de micoses está associado a:

  • Baixa imunidade;
  • Elevado nível de acidez em algumas regiões da pele;
  • Intensa exposição na praia, piscina, saunas ou locais com umidade;
  • Higiene pessoal inadequada (pele, unhas e cabelos).

Dicas simples de como evitar micoses

Atenção especial aos itens de higiene pessoal

Um dos aspectos básicos para prevenir as micoses consiste em dar atenção aos itens de higiene pessoal diária e demais objetos tais como toalhas, escovas de cabelo, chinelos, roupas, calçados, alicate de unha etc.

É imprescindível que eles estejam sempre bem limpos e secos (sem qualquer vestígio de umidade).

Fortalecer as defesas imunológicas

Para que o corpo consiga prevenir naturalmente a ação dos fungos causadores da micose, é imprescindível que o sistema imunológico esteja funcionando bem.

Para que isso aconteça, é essencial adotar um cardápio rico em verduras, frutas, legumes, grãos, cereais integrais, peixes, leite e demais alimentos que favoreçam a saúde, dando prioridade ao consumo de produtos orgânicos (que não contêm agrotóxicos).


Essa simples medida fará com que as defesas imunitárias funcionem bem melhor.

Beber 2 litros de água todos os dias

Ingerir água é fundamental para limpar e hidratar o corpo, fazendo com que os agentes causadores das micoses sejam eliminados antes de causar maiores problemas.

Vale ressaltar que, além de fazer uso de uma receita caseira para micose e seguir os cuidados acima, caso o problema se agrave é necessário procurar um dermatologista.

 

Fontes: 1, 2

 

 

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


dezessete + nove =