T3 Reverso – O Que Significa, Como Controlar e Tratamento

t3 reverso

Compreender o que significa o T3 reverso é o desejo de muitas pessoas que estão realizando exames ou tratamentos relacionados à glândula tireoide. Para esclarecer todas as dúvidas com relação a esse assunto, confira nosso post.

t3 reverso

O que é o T3?

Antes de compreender o significado de T3 reverso, é imprescindível saber o que ele significa. Chamado de triiodotironina, o T3 consiste em um hormônio produzido inicialmente nos tecidos periféricos a partir da tiroxina, substância que também é secretada em baixas quantidades na glândula tireoide. Desse modo, o T3 é um hormônio tireoidiano.

Esse hormônio interfere no funcionamento de diversos aspectos do corpo, principalmente: intestino, cérebro, coração, músculos, ossos, peso, temperatura corporal e aparelho reprodutivo. Já o T3 reverso, também conhecido como RT3, consiste em um outro tipo de hormônio produzido a partir da conversão do hormônio T4, também produzido pela glândula tireoide.


T3 reverso – principais causas de alterações

Com relação às alterações apresentadas quanto aos níveis elevados de RT3, elas são decorrentes principalmente das seguintes situações:

Excesso de cortisol

O excesso de cortisol, o chamado “hormônio do estresse” prejudica a conversão do T4 em T3, produzindo quantidades elevadas de RT3, quando chamado de T3 reverso acima do normal. Essa situação é comum quando os pacientes que sofrem de hipotireoidismo são tratados de forma equivocada, fazendo com que a dosagem do remédio no organismo se mantenha baixa.

Estresse biológico crônico

Altos níveis de estresse biológico crônico provocam um grande desequilíbrio com relação à produção do cortisol, o que interfere diretamente nos níveis de T3 reverso.

Baixos níveis de ferro no sangue

Uma quantidade elevada de RT3 está associada também à baixa quantidade de ferro no sangue, sintoma muito comum nos indivíduos que sofrem de hipotireoidismo. Esse quadro também provoca um aumento da quantidade de RT3 no organismo.

De forma resumida, os níveis elevados de RT3 são provocados por alterações fisiológicas relacionadas às glândulas suprarrenais (alterações nos índices de cortisol), quadros de estresse crônico e alterações quanto aos níveis de ferro. Vale ressaltar que outras causas menos comuns quanto aos níveis altos de RT3 no organismo estão relacionadas à falta de vitamina B12 e ocorrência de inflamações crônicas.


Quais exames devem ser realizados para medir e equilibrar o T3 reverso?

t3 reverso

O primeiro passo para equilibrar os níveis de RT3 no organismo é realizar exames de RT3 e T3 livre, fazendo com que a partir desses dois resultados os médicos consigam tomar as ações mais assertivas para o tratamento.

Como tratar o T3 reverso alto?

Diminuir a dosagem de tireoide dissecada

Além de ingerir T3 sintético, outra forma de reduzir os níveis de RT3 é reduzir a dosagem de tireoide dissecada em 1, 5 grãos ou menos. Em algumas pessoas é recomendável fazer a combinação da redução da dosagem de tireoide ressecada com a ingestão de pequenas quantidades de T3 sintético.


Ingerir alimentos benéficos para o fígado

Em virtude de o RT3 ser em grande parte produzido no fígado, diversos pacientes conseguiram reduzir os níveis dessa substância ao fazer uma dieta detox.  Também é imprescindível que os indivíduos estejam atentos quanto aos níveis de selênio no organismo, já que ele é essencial no equilíbrio do funcionamento da glândula tireoide.

Controle do estresse

Aprender a controlar os níveis de estresse é indispensável para manter o equilíbrio dos níveis de RT3, fazendo com que as pessoas tenham muito mais saúde e qualidade de vida.

8 maneiras de reduzir o estresse do dia a dia

Alimentação saudável

Uma alimentação nutritiva e balanceada, composta em boa parte por vegetais, ovos e demais alimentos na versão orgânica é essencial para um organismo mais saudável como um todo, abrangendo também o equilíbrio hormonal (incluindo os hormônios produzidos pela tireoide).

Prática de meditação

A meditação é uma das práticas mais recomendadas no combate ao estresse do cotidiano. Ela pode ser feita todos os dias logo ao acordar e também durante a noite. Entre as vantagens da meditação, está a sensação de limpeza da mente e aumento da clareza quanto à solução dos problemas do dia a dia, fazendo com que as pessoas se sintam menos estressadas. Basta alguns minutos do dia para que sejam notados resultados surpreendentes em questão de semanas.

Aromoterapia

Reduzir os níveis de estresse e consequentemente de T3 reverso é possível por meio de sessões de aromoterapia nas quais são utilizados aromas que favorecem a sensação de relaxamento e bem-estar físico e mental. A aromoterapia deve ser aplicada por profissionais especializados na área, promovendo grande alívio dos principais sintomas do estresse, tais como irritação, dores de cabeça, insônia, taquicardia etc.

Reiki

O reiki consiste numa técnica da medicina chinesa capaz de atuar na cura e alívio de diversas doenças, contribuindo bastante para o equilíbrio hormonal do organismo, incluindo as funções da tireoide. A técnica consiste numa simples imposição de mãos realizada em pontos estratégicos do corpo, onde estão localizados os chamados chakras, centros energéticos do corpo humano.

Quando esses chakras estão em equilíbrio, o organismo fica naturalmente mais resistente a uma série de doenças, reforçando também as defesas imunológicas.

Psicoterapia


Problemas relacionados à tireoide muitas vezes estão associados a fatores emocionais. Por esse motivo, quem apresenta alterações quanto ao funcionamento dessa glândula ou está passando por situações de estresse intenso deve recorrer às sessões de psicoterapia com o objetivo de tratar as causas do problema.

Atividade física

A atividade física, além de contribuir para a perda de peso, é essencial no equilíbrio hormonal, ajudando no bom funcionamento da tireoide e no combate natural ao estresse. Durante os exercícios físicos nosso corpo libera uma série de substâncias benéficas que estimulam a sensação de bem-estar, responsáveis também pelo aumento das defesas naturais do organismo.

Massagens relaxantes

As massagens relaxantes são excelentes aliadas no combate ao estresse, já que elas ajudam a promover a sensação de bem-estar e aliviam desconfortos musculares oriundos dos episódios de estresse intenso. Para mensurar periodicamente os níveis de T3 reverso é necessário buscar orientação médica com um endocrinologista que irá solicitar todos os exames necessários e prescrever o melhor tratamento.

Imagem: facipe.edu.br / tuasaude.com

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*


18 − 16 =